7 de jul de 2010

Não foi o Bruno... Foi Você!

Reprodução/Villanovense.files
Tiraram o Garanhão de Pelotas do sério. Em virtude da repercussão do Caso Bruno & Eliza, ele pegou emprestado o avião de John Travolta, se mandou dos seus aconhegos na África e veio para o Brasil. Deu um jeito de descer incógnito no eixo Rio-Belo Horizonte. E já deslindou o mistério.

Em terra firma, ele sente no ar o cheiro de mexe-mexe, pondera e pergunta:

- Então tá, não foi o goleiro Bruno quem matou Eliza. E como não foi ele, foi você!

Diante disso, o agora detetive internacional Garanhão de Pelotas pergunta tipo assim série americana de TV:

- Você está foragido, por quê?!? Não quer elucidar esse caso logo em seguida, para se livrar de uma vez por todas das falsas acusações e todas as calúnias que estão arrebentando a sua vida?!?

Nem precisa responder, o Garanhão já vai se mandar de volta para Joanesburgo. Além de devolver o jato para Travolta não pode perder o espetáculo de amanhã quando Ricardo Teixeira vai sentir o peso do pé de Lula na África e lançar o logotipo da Copa-2014. O nosso Columbo só quer saber uma coisinha mais:

- Se não foi você, por que você sumiu? É claro que foi você, seu bandido! O Bruno é goleiro do Flamengo, cara. Um cidadão acima de qualquer suspeita.

Reprodução/Webluxo
E dando meia volta, assumiu os controles do aparelho e rasgou o céu de brigadeiro rumo à misteriosa África. Já em pleno voo, deu de ombros olhando as nuvens com cenho carregado:

- Bolas, eles nem sabem se Eliza está morta. Se, de repente, ela aparecer, o Bruno e você aí embaixo, são inocentes. Aí, ele volta para a Gávea... Azar do Flamengo.

Retomou a atenção para a amplidão que o separava ainda do outro continente, guardando com ele o grande e único segredo daquele rumoroso caso: - Bruno até hoje só fingiu... Nunca foi goleiro.