30 de set de 2010

A Democracia é Cega!




A Justiça Eleitoral no Brasil encontrou uma utilidade para o lenço que lhe venda os olhos: uma mordaça para a mídia.

A Democracia tarda, mas não falha.

Espírito Esportivo

A GRANDE CHANCE
O basquete feminino do Brasil estava nas oitavas do campeonato mundial. Agora vai disputar, na melhor das hipóteses, a 9ª colocação. Tem enorme chance de conquistar o último lugar.

ATÔNITA
A seleção feminina de basquete foi desclassificada. A equipe da República brasileira não sabia o que fazer diante da checa.

QUE LANCE!
O melhor lance do primeiro tempo de Palmeiras x Internacional foi o gol do Presidente Prudente contra o Guarani, mostrado pela TV.

CARAS & BOCAS
No segundo período, a vitória de 2 a 0 do Palmeiras sobre o Inter deixaram as caretas do Felipão em segundo plano. Mas sempre vale a pena ver de novo.

SILÊNCIO DOS INOCENTES
É impressionante como o silêncio dos jogadores do Palmeiras não quer dizer absolutamente nada para o torcedor brasileiro.

A NOVIDADE
Todo palmeirense queria descobrir o segredo da inovação tática que Felipão vinha prometendo para o Palmeiras. Agora já sabe: Marcos Assunção.

PRECAUÇÃO
É como diz Rogério Ceni: - Do jeito que Marcos Assunção está batendo falta, se ele for cobrar tiro de meta, quero barreira.

MINEIRICE DEMAIS
O Atlético demitiu Vanderlei Luxemburgo quase da mesma maneira como o Real Madri o dispensou de sua primeira e única aventura no futebol estrangeiro. Só não foi igual, porque a direção do Galo foi muito mais mineira. Esperou um pouquinho mais. Ou demais...

MIROLHOS
Talvez só o rejeitado Dagoberto tenha ficado tão feliz quanto Luxemburgo ontem com a derrota do São Paulo para o Grêmio. Para Luxemburgo o jogo terminou Renato Gaucho 4 x 2 Sérgio Baresi.

NA BOCA
Afora o Morumbi, oportunidade de emprego para Luxemburgo agora, só em outubro, depois desse amistoso da Seleção de Mano contra o poderoso selecionado do Irã.

TOQUEAVÉLICO
Meio que na moita, Luxemburgo deve ter concluído em voz alta para os dirigentes sampaulinos escutarem: - Dagoberto na reserva tocou mais na bola que Ricardo Oliveira. Pelo menos chutou mais o banco do que Ricardo a gol.

PLÁGIO
Jonas, artilheiro do Brasileirão, deveria ser multado pela CBF por plágio. O penalti que ele bateu no segundo tempo foi uma cópia fiel daquele que ele viu Rogério Ceni cobrar na primeira etapa. Advogados do goleiro tricolor paulista já pensam em uma ação de direitos autorais.

OSCAR
Tá certo, a falta foi feia, mas a encenação de Richarlysson merecia pelo menos uma ponta na chanchada "Lula - O Filho do Brasil". Levaria o Oscar de interpretação.

NAS MALHAS
Esse goleiro Renan do Inter, já está fazendo a direção colorada pensar seriamente em contratar um bom advogado para Bruno, hoje nas malhas da lei no time da cadeia.

SAUDADE
Após um ano de merecidas férias em casa, bastaram dois jogos como técnico do Brasiliense para Andrade ficar louco de saudade do lar, doce lar.

REFORÇO
Nesta quarta-feira, contra o Botafogo, o Corinthians jogou uma vez mais reforçado pela ausência de Ronaldo Fenômeno no ataque.

GOL DE COCO
O Corinthians se descuidou e tomou um gol de Coco Abreu. E desse vez ele não se abreu muito para a galera; nem se fez de Loco pra mostrar os documentos para a torcida.

TRATO CUIDADOSO
Aquele zagueirão do Botafogo caiu se contorcendo em dores. A equipe médica entrou em desabalada carreira em campo. A contusão era bem ali, entre as virilhas. O massagista deu água para ele beber. Médico e massagista voltaram correndo para o banco.

29 de set de 2010

GREVE GERAL?!?
Na Espanha os trabalhadores estão em greve geral. Um tipo de paralisação que o Brasil da Silva aprendeu a desconhecer. Aqui, a democracia foi dividida em sindicatos. Uma classe repartida em categorias perde a identidade e a força. Ainda mais quando aquele que promoveu o desmanche social é justamente quem tem a caneta na mão direita e a chave do cofre na esquerda.

O governo do PT foi justamente aquele que desmilinguiu o trabalhador brasileiro. CUTs, CGTs & similares desfizeram o feixe de varas de vime para dobrar cada uma delas conforme sua vontade assim na terra, como no céu.

EI, TIRIRICA!
Você sabe quem nomeia os ministros do Supremo Tribunal Federal? Pois fique sabendo, seu Tiririca... É o presidente da República! Você sabe quem julga as denúncias contra o presidente da República? Boa, Tiririca... É o Supremo!

CONTRAVENENO
A Justiça deu 24 horas para Roriz retirar toda e qualquer propaganda eleitoral das ruas e dos mais recônditos e inimagináveis locais que ela possa ser vista, lida e ouvida por aí. A multa é grossa e diária. Os adversários de Roriz já se preparam para seguir os passos da turma da "limpeza urbana-eleitoreira" até os armazens e depositos onde ela será guardada. Assim que eles se afastarem de lá, os opositores sairão distribuindo cartazes, posters, banners, faixas e o diabo a quatro que promovem Roriz. É o jeito mais rápido e divertido de lhe roubar um pouco do lucro que obteve com a compra e venda daquela bezerra que o fez deixar o Senado pouco tempo atrás.

Lepra e bengala

Quem encontrar uma foto da Dilma abraçada ao seu velho guerreiro, Zé Dirceu, durante qualquer dia dessa campanha promovida por Lula para a tomada definitiva do Palácio do Planalto, ganha um prêmio.

Da parte dela, parece até que ela acha que o homem tá com lepra. Da parte dele, já ficou combinado: só aparece se ela largar aquela bengala.

Essa aí do lado não vale. Ele recém tinha deixado de ser Daniel - o Denodado Guerrilheiro Urbano.

Tiririca do Cerrado deixa Agnelo tiririca!

Não vi e não gostei, mas já sei que o debate de ontem entre os candidatos ao governo de Distrito Federal, na TV Globo-Brasília foi de matar. De rir e de raiva.


O que de menos aconteceu foi Weslian Roriz, a Tiririca do Cerrado deixar Agnelo Feroz - o ministro que Lula trocou por Tapioca, tiririca da vida.

Quando a mulher de Roriz deu uma guinada no transporte para cima do comunista, ele desviou do atropelamento e tentou se salvar como o primeiro comunista cristão da história do mundo.

Sem falar que o Brasil é o último país do planeta que ainda tem partido comunista pra contar a história. Essa gente tá precisando é de panetone. O Tomate tá caro.

RODAPÉ - O Tiririca já está ficando tiririca da vida com essas reles imitações de Tiririca que andam por aí.
O TÉCNICO
Desde que Neymar virou treinador, o futebol do Santos nunca mais foi o mesmo.

ASSÉDIO NANICO
As jogadoras de basquete do Japão são as mais baixinhas do mundo. Tanto é que aquela pivô enorme do time adversário se queixou ao mesário do assédio sexual de uma ala japonesa.
- O que foi que ela lhe disse?
- Que os meus cabelos estavam lindos e cheirosos.

EMOÇÃO
O lance mais emocionante do jogo Goiás 1 x 1 no Serra Dourada foi o abraço de Silas e Jorginho na beira do gramado, bem ali, na frente de todo mundo.

GÊNIO
Silas genial depois do empate: "O Flamengo estava perdendo 3 pontos, com o empate, deixou de ganhar dois". Até agora ninguém sabe o que o técnico do Mengo vai fazer com o ponto que sobrou.

FICA LÁ
A campanha do Goiás mostra que Jorginho não poderia mesmo ser treinador de nenhum outro time.

MAL ESCALADO
Time como o Vasco, que tem Roberto Dinamite, não pode deixar um Felipe bater penalti.

DENTRO DA LEI
Da atriz dançando com Al Pacino no filme O Poderoso Chefão-III: "Você me prometeu que em 5 anos os Corleone estariam dentro da lei". Não estavam. Devem ter vindo todos para o Brasil.

EM CASA
Depois de um ano de ostracismo, Andrade foi contratado pelo Brasiliense. Está se sentindo como se estivesse em casa. Nem parece que, afinal, voltou a trabalhar.

1001 UTILIDADES
Renato Brill, procurador regional eleitoral contesta candidatura de Weslian Roriz. Para o PT ele é um bom Brill.

PT RECOMENDA
Agora, virou efeito cascata em todo o território nacional... Para limpar ficha-suja o PT usa o bom Brill.

DE ASSALTO
Quícoli, o contador, contou tudo e deixou a bola quicolando: a tropa de Guerra não só invadiu, como tomou o BNDES de assalto.

GATO ESCALDADO
Agora já se sabe porque Zé Dirceu não tem aparecido ao lado da postulante Dilma. Ela está usando bengala. Gato escaldado tem medo de água fria.

28 de set de 2010

Lula não é Dilma

NINGUÉM É NINGUÉM
Dilma só diz o que Lula manda dizer; Weslian só fala o que Roriz manda falar. Tanto uma quanto outra já sabem há muito tempo o que só agora a gente percebe: Lula não é Dilma; Lula é Roriz.

O ENTENDIDO
Arruda: "Vitória do clã Roriz significa que o crime compensa". De crime Zé Arruda entende.

O Brasil da Silva é 10!

01. Datafolha: Dilma cai três pontos; aumenta a chance de 2º turno. A seis dias da eleição, vantagem da candidata petista sobre a soma dos adversários cai para dois pontos. O que não está nas entrelinhas é que a postulante predileta de Lula está em queda vertigionsa em todos os estados da Federeca.

02. Petista faz campanha protegida por grades. Dilma foi fazer um corpor a corpo na estação rodoviária de Brasília. Não tomou cafezinho, não comeu pão de queijo, não saboreou um pãozinho de queijo sequer, não tragou os eleitores que por lá estavam. Ficou o tempo todo atrás das grades. Por mais que demorasse, foi pouco.

03. Dilma diante da primeira pesquisa Datafolha pós-Guerra: "É normal que haja subidas e descidas". O ruim é quando, ao invés de altos e baixos, o vivente tem altos e abismos.

04. PT já não descarta o segundo turno. Bateu a Síndrome do Pânico.

05. Tucanos elogiam "novo" desempenho de Serra. Pegaram Serra de surpresa, nem ele mesmo sabe o que foi que mudou. De novo no front pós-Guerra só as pesquisas que já começam a ajeitar os aguapés para não dizerem depois que elas estavam erradas.

06. Marina elege Rio para reforçar "onda verde". Para o carioca se há mesmo um onda verde no Rio, só se for o Luciano Hulck. A grafia pode estar errada, mas o som é o mesmo.

07. Folha da Tarde: Rumo da economia com Dilma é incerto. Isso é bom, ou ruim? Se ficar como está, só o cartão corporativo para aguentar. Se mudar, vai ser bem pior.

08. Eduardo Jorge suspeita de violação de seu sigilo bancário. Vice-presidente do PSDB pediu que Polícia Federal apure acessos a seus dados no Banco do Brasil. A turma vai perguntar para Lula se pode.

09. Alagoas: MP quer cassar Collor por fraude em pesquisa. Jornal e instituto da família do senador divulgaram pesquisa que o coloca à frente dos adversários. Deve ser intriga da oposição. Beira-Collor seria incapaz de fazer uma coisa dessas. Pior do que isso, no entanto, é cassarem o Tiririca por estar no mesmo ano colegial do presidente da República.

10. Fernandinho Beira-Collor perder a eleição nas Alagoas não é nada. Prejuizo político de verdade vai ter a Câmara dos Deputados em Brasília se o Tiririca não for eleito.
SEM BÓIA
Uma das fábulas mais antigas e que, de tão simples, foi assimilada pelo povão é a do mentiroso que se afogou. De tanto ser salvo por fingir que se afogava, um dia o mentiroso morreu afogado. Os crédulos já sabem agora que os institutos de pesquisa de tanto que mentiram para os outros, acabaram acreditando em si mesmos. Agora, a verdade está vindo à tona.

BOCA DO POVO
Em dia de eleição, os institutos de pesquisa no Brasil não erram nunca. Todos os levantamentos anteriores caem na vala comum da falta de memória nacional e fica valendo a infalível boca de urna que qualquer grupo de escoteiro pode realizar com absoluto sucesso.

DESPAUTÉRIO
É de cair o queixo como a mídia se deixa encantar pelas pesquisas eleitorais e seus resultados que saem melhor que a encomenda. Não há um cristão - ou muçulmano, nem ateu no universo das comunicações - que pelo menos pergunte quantos petistas a mais, tucanos a menos e vice versa foram entrevistados a cada investida dessas, pagas a peso de ouro pelos manipuladores da opinião pública. Isso é falta de pauta. Como se diria lá pelo Palácio, um despautério.

ARTISTA DESEMPREGADO
Lula, já se sabe, será o mais novo-rico do Brasil desempregado a partir de 1° de janeiro de 2011. A cadeira que tanto queria na ONU vai ficar vazia de seus fundilhos, enquanto não for ocupada por alguém mais importante como o representante do Cafundó do Judas, por exemplo. Não levará também o Nobel da Paz, já que Fidel, Chávez, Ahmadinejad e outros ditadores não aguentariam tal desaforo. Assim é que, Lula vai ter que se contentar com o ostracismo de suas aposentadorias - todas elas de salário mínimo - e com a virada de mesa que Dilma vai dar. O que pode lhe sobrar como alento para recobrar a notória popularidade é enfiar a carapuça do Oscar que Barreto lhe reservou com o retumbante fracasso de bilheteria "Lula - O Filho do Brasil".

DAMA FLOR
Essa Dilma paz e amor que vocês estão vendo, não é nem sombra da Dilma que - ainda dona da Casa Civil - mandou Erenice montar o "banco de dados" sobre Fernando Henrique e dona Ruth; não é nem de longe a Dilma que nomeou Erenice para o lugar que, um dia, ela mesma havia tomado de seu companheiro bom e batuta, Zé Dirceu. Dilmalá é Lula na reserva e Michel Temer na geladeira. Ela não tem têmpera para aturar o bafo de Lula no cangote, nem os cutucões de Temer por baixo dos panos. Não vai querer fazer o papel de Dona Flor e seus dois maridos. Prefere interpretar a Dama de Ferro.

DRACULAGEM
Dilma, além de tudo, está gorda de cortizona. É duro que se diga, mas Michel Temer mal pode esperar para deixar de interpretar o papel de mordomo de filme de vampiro, para encarnar definitivamente o Drácula. Só assim não precisará mais ficar humildemente sugando empregos e bocas ricas no governo para o seu partido, como vem acontecendo há cuênios nesse país. Ele será o governo.

"JURISPRUDENTES"
O jeitinho brasiliense de Joaquim Roriz driblar a lei, ao indicar sua mulher para o seu lugar nas eleições do dia 3 de outubro, vai virar "jurisprudência". Todos os outros fichas-sujas já se preparam para fazer o mesmo pelo Brasil afora. A Lei - curta, grossa e mal-ajambrada, está tomando o maior baile. Nem poderia ser diferente, afinal isso aqui, apesar do Dunga, ainda é o país do futebol.

MICOS
O medo de ir para o segundo turno subiu à cabeça de Lula e de Dilma no último comício da postulante ao lado do seu criador. Tanto criatura quanto criador pagaram mico ao discursar. Dilma disse que é preciso escolher "a mudança" no dia 3 de outubro. Depois tentou remendar, fazendo a emenda sair pior que o soneto: "é a mudança e a continuidade do avanço".

De sua parte, Lula errou o número de Marta Suplicy e apresentou Michel Temer como vice da própria Marta, simples candidata ao Senado. O grande orador, em seguida, se corrigiu. "Gente, estou doido. O Temer é vice da Dilma", rouquejou Lula dizendo, até que enfim, duas verdades seguidas: Temer é mesmo candidato a vice de Dilma e ele só pode estar sim, no estado mental que disse.

DEPRÊ
Tome nota aí. Dia 2 de janeiro do ano que vem é o início da crise de depressão que Lula vai curtir por pelo menos quatro anos. Sem a chave do cofre, sem a tiara de presideus, sem palanque e sem a mesma intensidade de holofotes, Lula não vai aguentar o tirão. É aí que a gente vai descobrir que seu nome não é Dilma coisa nenhuma.

RODAPÉ - "Por pelo menos quatro anos" é força de expressão e um ledo engano. O Brasil só tem presidente, no máximo, por dois anos; nos outros dois ele vira cabo-eleitoral.

27 de set de 2010

TRE do Tocantis derruba censura ao "Estado"

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins derrubou por 4 a 2 a decisão que havia censurado o jornal Estadão e outros veículos de comunicação na última sexta-feira, 24. A pedido da coligação Força do Povo, o desembargador Liberato Póvoa havia proibido a publicação de informações relativas à investigação do Ministério Público de São Paulo sobre fraudes em licitações em São Paulo e no Tocantins em que o candidato Carlos Gaguim (PMDB) é citado.  O Garanhão de Pelotas acha que agora o Estadão deveria investigar Liberato Póvoa e seus contatos de terceiro grau.

A pedrada de Lula

Até que enfim, Lula desdobrou o companheiro iraniano bom e batuta, Mahmoud Ahmadinejad: a mulher que traiu o marido morto não vai mais morrer apedrejada. Ela será enforcada. Logo Celso Amorim estará mandando Franklin Martins anunciar que o presideus Lula da Silva voltou a ser forte candidato ao premio Nobel da Paz. Até parece regozijo: Mano Menezes acaba de confirmar que, em outubro, a Seleção Brasileira vai realizar um amistoso com o Irã.

A iraniana Sakineh, antes de levar a segunda série de 99 chibatadas.

República da Justiça Fashion

O Brasil já não precisa mais que Dilma, a nova dona Solange e Franklin Martins - o Homem da Tesoura, concretizem o seu maquiavélico plano de estabelecer a censura e acabar com a liberdade de expressão nesse país, criando o "controle social das comunicações". Lula já fez isso por eles na semana passada. A imprensa já está sob censura prévia.

Ao vituperar em palanques de Norte a Sul da campanha da postulante Dilma ao Palácio do Planalto, Lula fazendo-se de cabo eleitoral, a única coisa que ele sabe na vida, avacalhou a imprensa cheio de azia: "Tem dias em que alguns setores da imprensa são uma vergonha. Os donos de jornais deviam ter vergonha. Nós vamos derrotar alguns jornais e revistas que se comportam como partidos políticos. Nós não precisamos de formadores de opinião. Nós somos a opinião pública".

Quando o presidente de qualquer país abre a boca - mesmo que seja um notório irresponsável e ainda que seja para dizer asnices - provoca um efeito devastador em todas as camadas sociais. Na verdade, a besteira que ele joga na pá do ventilador, respinga com força de lei institucionalizada. E passa a valer. Depois é só garatujar uma assinatura à guisa de sanção para constitucionalizá-la. E a bosta passa a ser Geny.

E Lula disse mais: "Independentemente de quem seja o futuro presidente, um novo marco regulatório de telecomunicações precisa ser discutido". Quando um presideus rouqueja um vitupério assim, ele está determinando que seja feita a sua vontade assim na terra, como no céu.

Como, o crime organizado não é aquele que está atrás das grades, mas o que foi infiltrado nas artérias do Estado, a parte prostituída dos poderes republicanos passa a agir em cadeia, numa corrente de justiça fashion, aplicando tesouraços a torto e direito, até que todos se amoldem ao modelo ditado pelo supremo comandante boquirroto.

Para blindar o filho de Sarney, a justiça calou a boca do jornal Estado de S. Paulo; para proteger a quadrilha do Amapá, ligada ao mesmo ínclito senador e bem recomendada por Lula e Dilma, é proibido usar seus santos nomes em vão; agora, nada menos de 84 veículos de imprensa estão censurados por um desembargador do Tocantins que, por ironia ou deboche de premonição, se chama Liberato. O segredo de justiça está tão banalizado no Brasil, quanto qualquer escândalo dá uma banana para a honestidade no Brasil. Enfim, nos trouxeram de volta à República das Bananas.

Rádios, jornais, emissoras de TV, revistas - veículos de comunicação em geral - não podem realizar pesquisas-flagrantes eleitorais - como até o infausto governo Janio Quadros realizavam por aqui. Podem atrelar-se aos institutos de encomenda que colhem os dados que só contam a História Oficial. O próprio IBGE só divulga os seus resultados sobre qualquer assunto, depois de passar pela leitura atenta do Ministério da Verdade instituído pelo Planalto.

Essas sandices, em cascata, cometidas por presidentes tão despreparados para exercer a Presidência de um país que gazeteiam o expediente no Palácio para assumir o honroso cargo de cabo-eleitoral, tem efeito dominó.

A tesoura da censura prévia voltou ao Brasil. Lula da Silva a retirou da marmita que nunca usou como metalúrgico disfarçada de democracia. Dilma, Franklin Martins e seus amestrados já nem precisam mais perder tempo com o tal "controle social das comunicações". Ele já foi colocado em prática pelo governo Lula. É só fazer amanhã o que o PT mais sabe fazer: aperfeiçoar as idéias prontas. Não é preciso inventar mais nada.

26 de set de 2010

Liberdade, Liberdade...

Para nosso correspondente para pautas libertárias, o Garanhão de Pelotas, um bom domingo começa sempre com uma certa sensação de liberdade...

Liberdade de credo, aquela que permite até ir à missa das dez, ainda que você não seja candidato a nada, apenas almeje um cantinho do céu que lhe prometem;

Liberdade de pensamento, aquela liberdade que não se tem como um luxo, porque é uma liberdade permitida a todos, de todas as raças, de todas as classes, de todas as estaturas humanas, morais ou absolutamente políticas.

Liberdade de expressão é a liberdade que permite dar asas, visibilidade e conhecimento ao pensamento que não conhece opressores.

A primeira liberdade, a de credo, só está ameaçada hoje no Brasil pelo excesso de liberalidade. Você crê em tudo: em Deus, no diabo, nos pastores, nos edificadores de igrejas em cada esquina, nos governantes vendedores de ilusão. É uma liberdade que peca pela opressão das almas singelas e crédulas.

A segunda liberdade, a de pensamento, é aquela que vive onde não há lei de nenhuma classe, onde não há hierarquia, não há amos nem senhores, não há patrão. É uma cadeia universal - Epa! Sem bispos no meio! - que não comporta prisão.

A terceira liberdade, a de expressão, é a mais falsa das tres verdades que alimentam a enganadora democracia brasileira. Ela passou a viver sob a ameaça da volta da censura. O perigo vem de cima para baixo.

O governo descobriu que o povo gosta de ser governado. De instrução tacanha, propositalmente, tosca, rude e escassa, a base da pirâmide social brasileira tem o espírito barato e poucas migalhas lhe bastam para idolatrar seus benfeitores. Mal se dá conta de que a bolsa-famiglia, está muito menos para a bolsa Kelly da madame do que para a corriqueira expressão "a bolsa, ou a vida!" do seu cotidiano.

Nessa democracia a liberdade de expressão se encaminha, a passo largos, para pertencer apenas ao governo, seus porta-vozes e suas corporativistas circunstâncias. Vem aí, sem indícios de tardança, o "controle social da informação". E eles tem corrida.

O detalhe aí nesse eufemismo barato é o "social", porque o oficial já se sente na pele. O controle oficial, disfarçado de social, é o que cria monstrengos como a Rede Brasil de Comunicação, malha de ofícios, releases, bilhetinho às redações; monstrengos como o Conselho Nacional de Comunicação, tocado por Franklin Martins - o que saltita licitações para garantir plano de aceleração de crescimento do futuro de Cláudio, por acaso, Martins e, sem embargo, seu filho também.

O oficial é o que impõe censura velada aos planos de mídia, de marketing, de publicidade e propaganda, cuja chave só abre a arca do tesouro nacional para veículos de comunicação companheiros bons e batutas - rádios, jornais, redes de TV e revistas apaniguadas.

A chave de braço com alguns desafiantes rebeldes que ousam editar verdades que provocam azia, é vencida pela chave de fenda no cofre público que, com o jeitinho brasileiro de fazer chantagem, convence-os a dizer, escrever e mostrar o que o governo gosta de escutar, de ler e de assistir. Mais que fazer do governo o Sal da Terra, faz do jornalismo o Sal de Fruta Eno dos que comandam a massa e balançam a pança. Adeus queimação no esôfago.

O governo que nos impõe esse tipo de democracia, acha de sã consciência, que a nação está constituída de tal maneira que ele pode dar liberdade a uns e tirá-la de outros. Isso é próprio de um sistema em que a corrupção é o mais infalível instrumento da libertinagem constitucional. E assim será sempre mais fácil impor silêncio ao erro do que mostrar a verdade.

Até as eleições, ficamos assim. Depois - como já disse outro dia a nova dona Solange - "são outros 500!"... A musa da tesoura vem aí. É o prenúncio da democracia fashion - aquela que traz o corte de aparência impecável para uma liberdade sem ideais, mais daninha do que proveitosa.

Mas, enquanto houver capacidade de pensamento, nessa temporada de "controle social" que se avizinha, nosso correspondente para pautas libertárias, o Garanhão de Pelotas vai passar a viver a instigante expectativa de sair em busca das liberdades perdidas.

RODAPÉ - Alimentos que podem causar azia: Café, chá, refrigerantes tipo cola e cafeinados, álcool, chocolate, tomate e molho de tomate, alimentos apimentados e gordurosos, hortelã, frutas cítricas e, a gente está descobrindo, alguns frutos do mar...

25 de set de 2010

TRIO?
Marina Verde da Silva: "Brasileiros vão levar duas mulheres para o segundo turno". Ela deve estar pensando que o Zé Serra é transformista.

RESSURGE A DUPLA
Outra humilhação: Ney Franco afirma que pretende chamar Neymar para a Seleção Sub-20. O garoto mais famoso da famosa Vila Belmiro já decidiu: não vai torcer o nariz; vai providencialmente torcer o joelho. Não é por nada, não. É só para fazer dupla com Paulo Henrique Ganso. Em todo caso, a desculpa é ótima, até porque a diretoria santista já anunciou que ele pode voltar a bater os penaltis pelo clube.

PÉ-FRIO
A propósito, nuncanofuteboldessepaís dois jogadores tiveram tanto azar como Ganso e Neymar, depois que foram abraçados e fotografados com Lula, o maior pé-frio do Brasil.

O ELEITO
Vox Populi está colocando Marina em segundo lugar e deixando Serra para trás; Vox Populi embolou tudo em São Paulo; Vox Populi mostra um banho de Cabral no Rio; Vox Populi atesta a reação de Hélio Costa; Vox Populi diz que Tarso amplia vantagem e pode vencer no primeiro turno, no Rio Grande do Sul; Wagner abre 28 pontos na Bahia. Até que enfim, Vox Populi vai ser eleito presidente do Brasil com uma votação jamais alcançada por qualquer candidato na Historia dessa República.

ISRAEL EM BAIXA
Conta bancária de Israel, o filho pródigo de Erenice revela propina. Documentos em poder da Polícia Federal mostram que o filho da ex-dona da Casa Civil recebeu R$ 120 mil. Transferência para conta ocorreu seis dias após Anac dar permissão de voo à empresa MTA. Nessa guerra, o garoto está em baixa. Qualquer assessorzinho por lá tinha R$ 200 mil na gaveta...

MORDOMO
Lula abriu ofensiva para eleger senadores. Já deve ter encerrado a campanha em prol dos deputados. Quem não está gostando nada disso é Michel Temer. Lula está dando o golpe das urnas no PMDB que vai acabar tendo menos representatividade do que o PT. Assim, não vale a pena ser vice. Sem força para abocanhar mais da metade do poder e todos os cargos do governo, Michel Temer será apenas o mordomo desse filme de vampiros que vem por aí.

NHÉNHÉNHÉM
Fernando Henrique Cardoso disse ao jornal britânico Financial Times, que a oposição errou feio ao "mistificar" o governo Lula da Silva. Ele admitiu na entrevista que a postulante Dilma é a mais provável vencedora das eleições presidenciais do dia 3 de outubro. Mas FHC desdenha de Lula: "Lula não é nenhum revolucionário". E compara com ironia: "É um Lech Walesa que deu certo".

Como é sabido, Walesa foi um sindicalista que presidiu a Polônia quando ela pulava do comunismo para o capitalismo, e que acabou seu governo com baixos índices de popularidade. E ainda vangloriou-se: "Eu fiz as reformas. Ele surfa na onda". Sem a chave do cofre das grandes contas de propaganda oficial, Fernando Henrique ganha hoje mais espaço nas páginas dos jornais estrangeiros, do que nos cadernos de política brasileiros. O tucano FHC cutuca Lula, mas não empurra Zé Serra.

O PÃO NOSSO
Se continuarem deixando Lula fazer o que faz hoje com a massa, amanhã vamos todos acabar comendo o pão que o diabo amassou.

EMPATE EM S. PAULO
Não é por nada, não... Mas o Vox Populi garante que em São Paulo, Geraldo Alckmin tem 48% das intenções de votos e Aloízio Mercadante 26%. É como analisa o ínclito instituto: com 2% de diferença para lá e 2% para cá, está configurado o empate técnico.

SEM CHANCE
Agora que Fernando Henrique Cardoso jogou a toalha, já dá para avisar: Michel Temer já prepara a campanha de Lula para 2014. Dilma não tem mesmo a menor chance.

DOIS PESOS...
Querem impugnar a candidatura de Tiririca porque ele não sabe ler, nem escrever... Alguém sabe de algum caso parecido no Brasil?!?

POBRE BAÚ
Outro dia Silvio Santos abusou da sorte: abraçou Lula e ainda lhe deu uma mordida de R$ 12 milhões. Pelo dinheiro não é nada... Esperem só para ver o que vai acontecer logo ali com o Baú da Felicidade.

SOCORRO
Outro dia, aquele pastor Malafaia, gasguito e histérico, saiu em defesa dos jornalistas contra os ataques e ameaças de Lula à imprensa. Socorro, OAB, venha nos defender de novo!

TUDO A VER
Joaquim Roriz e Lula da Silva tem tudo a ver. Lula lançou Dilma, Roriz lançou a Weslian. Dilma é a laranja de Lula; Weslian, a laranja de Roriz. As duas estão caindo de maduras.

NOJEIRA
Aquele "ato contra o golpismo midiático" que o PT lançou na frente do Sindicato dos Jornalistas em São Paulo foi infeliz até no mote: golpismo midiático é o mesmo que chamar cocô de bolo fecal. Nada mais indecente.

O ADVERSÁRIO
Lula sempre deixa no ar a impressão de que Dilma não concorre contra Zé Serra, nem contra Marina. Para ele, no dia 3 de outubro, a esmagadora vitória de Dilma - a Musa da Tesoura será contra a imprensa. Serão quatro anos de cortes profundos na liberdade de expressão.

DONA SOLANGE
O Garanhão de Pelotas libera sua porção fashion e avisa: o uso da tesoura será o grande sinal da primeira notável mudança no governo. Ela será o plano de aceleração do crescimento da lavanderia lançando ações de uma enorme e movimentada alfaiataria.
SUPERSTAR EM HOLLYWOOD
Essa do vale de lágrimas, chamado "Lula - O Filho do Brasil" - mais retumbante fracasso de bilheteria do cinema brasileiro ir à cata do Oscar de melhor filme estrangeiro, em Hollywood, é de uma semvergonhice nunca antes imaginada por um grupo de adoradores do poder nesse país. É um documentário político. Bajulante e meloso e dá azar. O Barreto que vestiu a carapuça está até hoje em coma. A superprodução foi repugnada pelo público do cinema e deixou às moscas os lugares nas poltronas de sindicatos e ONGs postas à disposição do eleitorado que usa bolsa-famiglia. É de uma cabotinice desmedida. Nuncanessepaís a megalomania de alguém foi tão exposta ao ridículo em Hollywood. Vai ser lindo de se ver o seu superstar, na noite do Oscar, desfilando pelo tapete vermelho da Academia. Ele vai gostar.

LULA, A AMEAÇA
A mídia agradecida, abre manchetes hoje dizendo que ontem Lula minimizou, num palanque em Porto Alegre, os ataques à imprensa. Aquilo que ele vem dizendo e fazendo não é ataque, é ameaça; e não foi só à imprensa, foi à liberdade de expressão. Mais ainda, não minimizou coisa nenhuma. Olhe só o que o inflado presideus gargarejou ao lado de Genro, o Tarso que não faz falta nenhuma para Lula: "a democracia é isso: cada um fala o que quer, escreve o que quer e publica o que quer".

E, depois de uma engrolada daquelas típicas de quem parece que bebe, revelou-se: “a gente às vezes fica zangado quando a imprensa fala mal da gente, a gente fica feliz quando a imprensa fala bem. Quando a matéria dos jornais sai falando mal da gente ninguém gosta, quando fala bem o ego da gente cresce”. Se isso é rever e amenizar ofensas e ameaças, minha avó era bicicleta. Ele apenas deu o assunto por encerrado e está pronto para outra ressaca de vitupérios.

CABESTRO
PT quer banir exigência de dois documentos na eleição. Partido entrou com ação no Supremo para vetar obrigatoriedade do título de eleitor e do RG na votação. É que com foto pode aparecer o cabestro.

CONTRADANÇA
É comovente a cara de gelo que Michel Temer ostenta nessa campanha da Dilma. Os comandantes da candidata e a própria postulante não o deixam entrar na dança. E ele fica lá com aquela cara de que está pronto para arrastar o pé. É como aquela historieta da mulher feia que, já abrindo a bolsa, dizia desconsolada para a amiga no meio do baile: - Bom, já que ninguém me tira pra dançar, vou vestir minha calcinha e ir embora pra casa...

24 de set de 2010

Lula vem de tesoura

A TV Lula contratou por R$ 6 milhões a empresa onde atua um filho de Franklin Martins. Tecnet, que tem Cláudio Martins como funcionário, venceu licitação decidida às pressas, no final do ano, para a qual não havia recursos. Franklin Martins é o Homem da Tesoura, aquele que move montanhas para dar aparência de lei às decisões tomadas pelo grupelho que realiza os encontros do Conselho Nacional de Comunicação. Franklin hoje já tem traços bem delineados de uma nova Erenice Guerra. Essa banda larga, conhecida como Famiglia Martins trata a volta da censura prévia pelo nome de "controle social da informação".

Lula da Silva chama a censura disso, daquilo e de outras coisas como, por exemplo, pelo apelido de "marco regulatório de telecomunicações". Lula é mesmo uma ameaça.

Ontem, entrando pelo portal Terra adentro, ele voltou a atacar a imprensa. Mas, desaforo é o de menos. O perigo é o garrote que vem por aí. Para o mestre Lula, "muitas vezes uma crítica que você recebe é tida como democrática e uma crítica que você faz é tida como antidemocrática".

E explicou sem justiticar: "Ou seja, é como se determinados setores da imprensa estivessem acima de Deus e ninguém pudesse ser criticado." Besteira, se há alguém acima de Deus no Brasil, seu nome é Lula. Pelo menos ninguém tem tanta igrejinha no bolso quanto ele. Chegam a saltar pelas gavetas.

Agora vejam a ameaça de ontem do Presideus: "Independentemente de quem seja o futuro presidente, um novo marco regulatório de telecomunicações precisa ser discutido".

Com o "marco regulatório" o governo nem vai precisar de fotógrafo. O próprio presidente da República, pode tirar "retrato" do seu porta-voz. (Foto: R. Stuckert/PR)

Mas Lua ainda distorce tudo: "As pessoas, em vez de ficarem contra, deveriam participar, ajudar a construir, porque será inexorável". E ainda meteu mais lenha na fogueira de sua imbatível vaidade: "Discutir isso é uma necessidade da nação brasileira. Uma necessidade dos empresários, dos especialistas, dos jornalistas, ou seja, de todo o mundo, para ver se a gente se coloca de acordo com o que nós queremos de telecomunicações para o futuro do País."

Como assim, "nós queremos de telecomunicações para o futuro do País"? Nós quem, além de Lula, Dilma, Zé Dirceu, Franklin Martins e sua corriola amestrada?

Faz o seguinte: rasga a Constituição e queima o Código Penal brasileiro que já regulamenta todo e qualquer abuso da liberdade de expressão. Está tudo ali, onde se trata de injúria, calúnia e difamação. Nem precisa rasgar a Constituição, basta meter a tesoura da nova dona Solange no Código Penal. Esse cara parece que bebe e dirige... Depois não sabe por quê tem azia.

Gritos Mudos

O Garanhão de Pelotas navegou por aí e aportou num blog de águas limpas. É um endereço que vai ser ancorado aí ao lado, na lista de Blogaranhice. Chegue até lá. Conheça um pouco do blogueiro  Daniel Arsky Lombardi : http://800gritosmudos.blogspot.com/

Roriz driblou Pilatos: PT Saudações

Os comandantes da campanha de Agnelo Queiroz já estão tremendo nas bases. Joaquim Roriz nem deu tempo para eles comemorarem o empate com sabor de vitória para o candidato que Lula congelou como ministro do Esporte, mas por quem agora dá uma tapioca da esquina para cada voto que conseguir para que seja governador de Brasília.

Mal Poncio Pilatos lavou as mãos no Supremo Tribunal Federal e Roriz deu o pulo do gato. Tirou da cartola, ninguém mais nem menos do que Weslian Roriz, por acaso sua esposa há muitos e muitos mandatos no Distrito Federal.

Atentai petistas e coalizados de Agnelo!... Pra seu governo, esta semana os palanques vão pegar fogo. Só para combinar com as queimadas que circundam a capital da República, desde o Parque Nacional até às cercanias das cidades-satélites que Roriz inventou para que a população de Brasília caiba no projeto urbanístico já vencido de Oscar Niemeyer.

Agora, os eleitores - que chegam aos borbotões à cata de lotes para seu aconchego - já sabem que Weslian Roriz não será impugnada, nem por Poncio Pilatos nem por Minerva. Sabem mais: sabem que podem votar na mulher que estarão elegendo o marido.

Sabem que é dom Joaquim quem vai governar. E, como de costume, dar um jeito de acolher os retirantes que vem de pau de arara, em busca de um lugar ao sol - como fez muita gente há muito tempo com São Paulo. E que, pela acolhida que tiveram, até metalúrgicos muitos conseguiram ser na vida.
MANO DUNGA

Mano Menezes deu um importante recado ao deixar Neymar de fora da Seleção que vai entrrar em gozo de amistosos no mes de outubro: nas democracias vigentes na democracia brasileira, quem pode, pode; quem não pode, se sacode. Mano já se enquadrou no perfil de perfeito sucessor de Dunga.

DESFUNÇÃO
Um técnico de futebol é um técnico de futebol. Menos no Brasil. E muito menos na CBF. Aqui, o técnico é treinador, gerente, administrador, empresário e dono da verdade. Não cabe a um plantonista como Mano bancar o professor, juiz, julgador e executor, ou pai da manada que arrebanha. Mano, de técnico da Seleção virou dirigente da CBF. Pelo menos, a metamorfose foi para cima e não para baixo, como aconteceu com Lula que, de presidente da República, virou um simples cabo eleitoral.

DESEMPREGADO
A diretoria do Atlético Mineiro deu para Vanderlei Luxemburgo tudo que ele pediu: contratou pelo menos seis bons craques dentre os quase 20 jogadores que ele pediu; deu-lhe condições de trabalho; bom salário, carinho, vida boa. Luxemburgo fez uma campanha digna de segunda divisão. Foi preciso tomar 5 a 1 ontem do Fluminense para o presidente demiti-lo por telefone.

MINERVA É PONCIO
Futebol e cabeça de juiz tem dessas coisas: são caixinhas de surpresa. O que seria 6x4 para Roriz ontem no Supremo, virou 5x5. O ministro presidente tem direito ao voto de Minerva. Já se sabe o que ele pensa: é contra a aplicação da lei agora. O que não se sabia é que ontem ele poderia pensar do jeito que está pensando hoje: abster-se e deixar vingar a decisão do TRE de Brasília. Por enquanto, o julgamento está suspenso. Lavando as mãos, faz valer a cassação da candidatura de Roriz. O PT, enfim, vai emplacar um governador no Distrito Federal. Minerva no Supremo é Poncio Pilatos.

O FEUDO
Nenhum governador da República Federativa do Brasil tem mais poder de barganha do que aquele que governa o grande latifúndio político-imobiliário chamado Distrito Federal. O governo de Brasília é o governador e mais os seus apaniguados, aos quais transforma em massa de manobra ao nomeá-los "administradores regionais" - arremedos de prefeitos, sem vereadores, das cidades-satélites Gama, Taguatinga, Brazlandia, Sobradinho, Planaltina, Paranoá, Núcleo Bandeirante, Ceilândia, Guará, Cruzeiro, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Recanto das Emas, Riacho Fundo e Candangolandia. É um feudo.

RAPIDINHA
Para quem gosta de pesquisas de opinião: quem sabe, uma no Morumbi neste domingo à tarde; outra no Engenhão - já que o Maracanã está fechado; e no Mineirão, no Beira-Rio, nos estádios de futebol das capitais brasileiras, inclusive, lá em Macapá?... É um jeito rápido, muito mais barato e mais preciso, do que essas outras todas que são feitas, sem que a gente saiba com que tipo de entrevistado os pesquisadores estão falando.

AMAPÁ & HOLLYWOOD
Não, não liguem Lula, nem Dilma, aos quadrilheiros do Amapá. Aquela peça veiculada na TV uma semana antes do estouro da Operação Mãos Limpas, foi só mais um filmezinho de ficção. Nada que se compare ao "Lula - O Filho do Brasil", agora indicado pelos adoradores do presideus para o Oscar de melhor filme estrangeiro. Amapá, capital: Hollywood.

23 de set de 2010

Ora direis, ouvir pesquisas...

Os institutos de pesquisa eleitoral nunca fizeram uma pesquisa de opinião no Maracanã. Nem mesmo naquele dia de abertura dos Jogos Pan-americanos no Rio. Nesse próximo domingo deveriam fazer uma no estádio Engenhão, no Rio; outra no Morumbi, em São Paulo; mais uma no Mineirão, em Belo Horizonte e, para encerrar com chave de ouro, outra no Beira-Rio, em Porto Alegre. Se quiserem fazer no Amapá, podem fazer também. Vai sair melhor do que a encomenda.

Fábula Lulática

Lula, um molusco meio humanizado, assim como é, ao natural, dá azia quando arma seus tentáculos e nos faz deglutir o que consegue nos comunicar. Quando banca o mestre-sala dos mares, ele provoca queimação no estômago de quem não engole nem sapos, nem polvos, nesse país dos calamares. Seus sons, mais que roufenhos e graves, são profundamente ácidaos. Lula é um molusco diferenciado: meio invertebrado, meio humanizado, tem cabeça, tronco e membros. Já os sentidos... Bem, os sentidos, na verdade, são sintomas. São fáceis de diagnosticar:

OLHOS
Seus olhos, avermelhados, empapuçados, quase empapados, não conseguem esconder sua têmpera ambiciosa. Deixam a sensação de que a ambição é o estrume, o adubo de sua glória. O olhar é de visionário: mesmo depois que os outros viram, ele sempre viu primeiro. Os olhos não mudam de cor; sua pele, sim. Jamais, no entanto, fica corada. Não dá para se dizer que tenha visão.

BOCA
A boca libera, à miúde, um sorriso de esperteza; sugere poder como governo... É dali que, dos dentes pra fora, sai arrastado o som que esparge empáfia, soberba, cinismo, hipocrisia, dissimulação, engodo, tudo a um só tempo. Como se precisasse sair daquela toca agora mesmo e emergir em outro trapiche, ou palanque.

Incomoda pelo tom de improviso bem ensaiado que mal disfarça a ameaça sempre iminente. Parece que quanto mais ele ameaça, mais relaxa e goza. Nem se dá conta de que soberba não é orgulho; é inchaço. O som deixa nas ondas, claros sinais de que ele se safou mais uma vez do perigo de morder a própria língua. As consequências seriam fatais. Assim por baixo, pegaria escorbuto.

NARIZ
As narinas sempre apontadas para o próprio umbigo, acabam descobrindo a origem imaginária da esperteza com feitio de sabedoria. Vislumbra em si mesmo a força, como se o poder fosse governo. Nada do que se move em torno dele cheira mal. Tudo lhe cheira bem. De tanto ver a si mesmo, não pode evitar: anda de nariz torcido. Tem olfato de cachoro com focinho molhado.

ORELHAS
Tem duas! Uma para os aplausos; outra para as vaias. As duas, no entanto, servem para evitar todo e qualquer murmúrio, ainda que venham em brados retumbantes, ou em reportagens-flagrantes, a fim de que ninguém possa imaginar que ele seja o causante, a origem do que pode ser um escândalo. No seu reino, desde a onda dos Jogos do Pan, não há mais Maracanã. Circula pelo Mangue que é mais, digamos, o seu habitat.

MÃOS
Não tem mãos a medir. E, no mínimo, nem dedo. Polvo grande não tem braço-direito, como alguns políticos que andam com eles por aí, até que deles precisam se livrar. Braço-direito só serve pra meter a mão. Já no caso do molusco em tela, ele só não tem tato na hora que se irrita. De resto, tudo em que seu cardume toca, vira ouro. É um rei Midas das profundezas do seu reino. Tudo que dá com os tentáculos da esquerda, tira com os que pertencem a sua porção da direita.

Mais que visão, olfato, paladar, audição e pouco tato, o molusco é um fenomeno da natureza: tem cabeça, tronco e membros..

CABEÇA
Boa para tudo que não presta. Ruim para botar chapéu, boné de sindicato, boina verde, casquete, quepe de qualquer Arma, capacete de avoador... Não adianta não cabem. Azar dele, porque não serve pra outra coisa. Tem uma coleção de boinas de vaca e de chapéus de viking, para presentear os companheiros mais chegados. O único modelo que lhe assenta razoavelmente é o Elmo. Tem uma meia dúzia, só para quando serve de escudo ou de armadura na hora de blindar alguém de suas cercanias.

TRONCO
É de gigante. Num corpo de Nelson Ned. Serve para estofar. E inflar. Mas, não é aquela digamos Brastempo na hora de causar a primeira impressão. Pela estatura, não raro, consegue achar insólitas as pessoas comuns ou não-comuns que são mais baixas do que ele. Confia cegamente no conceito de que seja lá qual for a aparência, o molusco - assim como o homem - pode sempre dissimular seus defeitos sob uma aparência cinicamente respeitável.

MEMBROS
Epa! São todos erectos. E virís. Os membros do Palácio estão tesos e coesos; os membros do Congresso Nacional, mais flácidos do que devem; os membros dos poderes sofrem infiltrações; os membros do partido estão sempre prontos para o que der e vier. Os membros dessa espécie de lula são tentáculos que envolvem o que e quem andar ao seu redor. Na verdade, seus membros não tem pé nem cabeça; jamais serão da Academia Brasileira de Letras. Quer dizer, como sempre há um pé torto para um chinelo velho, quem nos dirá que um dia - nesses quatro anos de desemprego por aí - ele não sentará ao lado de um Marimbondo de Fogo...

Mano Menezes favorece Santos no Brasileirão

Mano Menezes é mesmo o substituto de Dunga. Não convocou Neymar sob alegação de que "ele precisa voltar às regras e, então, certamente isso o trará à Seleção Brasileira".

Para Mano, a CBF é uma espécie de Presidência da República do Futebol. Bolas, tendo o presidente que o Brasil tem, que bobageira é essa de "seguir as regras"?!? Neymar, não fez nada mais nada menos do que seguir, timidamente, o exemplo que vem do Palácio do Planalto: arrepiou as regras e a ordem, mas muito de leve, nem de longe parecido com o exemplo que veio de cima e o atingiu.

Mano Menezes não puniu Neymar. Ao contrário, livrou o garoto de se misturar nessa Seleção de Turismo que nem sabe se vai jogar alguma partida até voltar para casa. E, se jogar, vai ser um amistoso contra o Arrancatoco F.C.

Mano Menezes puniu, isto sim, os adversários do Santos que, em pleno Brasileirão, vão ter que enfrentar a fúria de bola e o mais completo repertório de joagadas do mais promissor jogador de futebol que apareceu no Brasil nesses últimos anos quase pós-Ronaldinho Gaúcho.

Bom para quem fica em casa e pode ver o Neymar jogar em 3D  na TV - já que uma sala é mais confortável e segura do que qualquer estádio nesse país. Basta desligar o som da televisão para desgalvanizar o ambiente que o programa é perfeito. O mercado da pipoca vai entrar em alta nos dias de Neymar contra qualquer time, em qualquer rodada pelo campeonato brasileiro.

De tudo isso, Neymar só precisa aprender uma lição: nunca mais abraçar nem tirar fotos com o torcedor de mais pé-frio mais gelado que já existiu na centenária historia do Corinthians.
CODINOME
Tráfico de influência, teu nome é corrupção.

SÍNDROME
Dilma, preocupada com menos três pontos da encomenda feita ao Datafolha: "Estão me perseguindo". É a síndrome do Felipão no Palmeiras "contra os árbitros paulistas".

MELHOR QUE A ENCOMENDA
E pensar que essa preocupação decorre justamente das pesquisas sob encomenda que vem abastecendo a campanha de Dilma tanto de otimismo quanto de empáfia... Dilma, para retomar a calma, necessita apenas relaxar e gozar. Nada mais influenciável numa eleição do que o efeito multiplicador que TVs, jornais e até as rádios - proibidas de realizá-las - dão a essas pesquisas feitas com "10 mil entrevistados, em 400 cidades, do dia tal ao dia quetal", sem precisar quantos bolsa-familiares ou quantos petistas de carteirinha e cabos eleitorais foram computados. Dilma tem que "apurar e ter calma": para ela, as pesquisas tem sido melhor que a encomenda.

COMO ASSIM?
Escândalo por escândalo, a fala do presideus Lula é sempre a mesma: "Se erraram, tem que pagar". Como assim, "erraram"? Erro é coisa involuntária, acidental. "Erraram" uma privica! Fizeram e fazem tudo de propósito.

MUSSOLINI AGUADO
Manifesto em defesa da Democracia ataca ‘autoritarismo’ de Lula. Em ato público, presidente é comparado a Mussolini pelas suas declarações hostis à imprensa. É bom ressaltar que, quando dirigia, Mussolini não bebia.

GOLPISTAS
Para afogar o movimento apartidário que nasce com o "Manifesto em Defesa da Democracia", o PT e os seus apaniguados, como a CUT, a UNE e o MST, estão promovendo hoje em São Paulo um "ato contra o golpismo midiático". É com a hipocrisia de sempre que eles botam o bloco na rua para abafar a divulgação dos casos de negociatas, cobrança e recebimento de propinas no núcleo central do governo. É com esse bloco e mais o aparelho estatal que, o ano que vem será o início do fim da liberdade de expressão no Brasil.

O QUE É, O QUE É?
A propósito, você sabe para o quê é mesmo que serve a Casa Civil da Presidência da República? Então, você também é um Tiririca.

O BAFO
Cá pra nós, mas está ficando insuportável aguentar o bafo de Lula, dia após dia, palanque em cima de palanque. Ainda bem que ele deixou de ocupar a Presidência da República e só tem sido cabo eleitoral. Se, ao invés de fazer campanha para eleger um poste, Lula estivesse dirigindo o país nesses dois últimos anos, o Brasil não sairia nunca mais do desastre de que é vitima.

CURATIVO
Luiz Nassif, o blogueiro que criticaa a mídia é contratado da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Desde de terça-feira ele vem apoiando protesto contra imprensa. Por acaso, vai ganhar R$ 180 mil para atuar como entrevistador. Luiz Nassif foi contratado pela EBC há uma semana, sem licitação, para prestar serviços de "entrevista e comentarista" nos programas de TV "Repórter Brasil" e " 3 a 1". O contrato terá vigência de seis meses. Foi assinado pela presidente da estatal, Tereza Cruvinel, no dia 16 e publicado na segunda-feira no Diário Oficial da União. Luiz Nassif se prestar para isso, não é novidade. Notícia é o que está nas entrelinhas: o jeito que o governo trata de aplacar a azia de Lula.

TEMPO
É só uma questão de tempo. O pedido de vistas à Lei da Ficha Limpa é o prenúncio da confirmação de sua inconstitucionalidade. Melhor assim. Essa lei assim como está, é pontual. Alveja meia dúzia de candidaturas e livra a cara suja da maioria esmagadora. É pior e mais furada que a Lei dos Carrinhos de Criança.

O ESPELHO
É duro ter que aturar um narcisista, com ares de última flor do Lácio dizer, furioso pelas denúncias que parte da mídia ainda consegue publicar que "é melhor a imprensa deixar para dar essas notícias depois das eleições". Mais duro ainda é ter que aturar o ar de grande conselheiro que Lula assume ao proferir mais um disparate contra a imprensa que lhe causa azia: "se deixarem pra depois, ninguém vai achar que estão favorecendo as outras candidaturas". Melhor Narciso quebrar esse espelho. Vai ter só sete anos de azar e não oito, como o Brasil inteiro vem padecendo. Melhor quebrar esse espelho do que rasgar a Constituição como ele vem rasgando.

CASO NEYMAR
O presidente do Santos F. C. até parece o Lula: passou a mão na cabeça do craque que errou com o técnico do time. Nesse caso lá da Vila Belmiro, o "erro" foi erro mesmo, um acidente de percurso, sem má intenção, sem o dolo que enfeita as prateleiras do grande supermercado em que se transformou o Estado.

22 de set de 2010

JUSTIÇA
Quando um tribunal cede à pressão do clamor popular, a razão perde para o coração. E a justiça pode não ser legal.

FICHA E FICHA...
Para entrar na política, o candidato precisa limpar a ficha que sujou quando já não era ficha limpa. Uma vez eleito, tem pelo menos quatro anos para fazer tudo de novo.

REINCIDÊNCIA
Bruno e Macarrão voltaram para a prisão de Contagem, em Minas Gerais. Pronto, o goleirão já vai começar de novo a tentar se matar.

Baresi e Dorival nos pés de Neymar

O futuro dos treinadores Sérgio Baresi e Dorival Júnior está nos pés de Neymar. Se logo mais, o Santos ganhar do Corinthians, com um ou dois gols de Neymar, fica provado que Dorival Júnior não entende nada de futebol. A diretoria do São Paulo mantem Baresi como interino. Se Neymar não jogar nada, o São Paulo contrata Dorival.

O Bandidinho e o Mocinho

Neymar é o bandidinho e Dorival Júnior, o mocinho. Esse enredo é só pra inglês ver. Inglês e a imprensa esportiva brasileira. Dorival não é ingenuo, como é ingenua a mídia esportiva quando ela quer ser sonsa.

Não faltou habilidade nenhuma ao Dorival Júnior quando forçou a barra e quis estender a punição a Neymar. O garoto foi punido, multado em 25% dos vencimentos - hoje, milionários - suspenso por um jogo, pediu desculpas a Dorival, ao Santos, aos companheiros de equipe, aos torcedores e, ainda assim Dorival fingiu que era o He-Man, que tinha a força.

Pura mineirice desse paulista de Araraquara - que nunca fez um gol atuando pelo Santos. Não foi por inabilidade que Dorival foi dispensado pelos dirigentes santistas. Ao contrário, foi por sua capacidade de encurtar a distância de R$ 2 milhões de multa contratual que o afastavam do Morumbi.

Dorival, uma vez mais, usou Neymar para se dar bem na carreira. Hoje, ele está livre, leve e solto para fechar negócio com o São Paulo. E o Garanhão de Pelotas com a alma lavada, prontinho para devorar um pirex de pipoca, na poltrona da sala, vendo o jogaço Neymar x Corinthians.

RODAPÉ - Em função disso tudo, Neymar deve ter aprendido uma grande lição: apertar a mão de Dorival Júnior, vá lá... Mas, tirar fotografia abraçado com o corinthiano Lula da Silva, jamais! Paulo Henrique Ganso que o diga.
RORIZ, 6X4
Para desespero de Agnelo e de Lula - que uma vez mais não vai ganhar nada em Brasília que não gosta dele - Joaquim Roriz não vai ser consagrado ficha suja ainda hoje no Supremo pelo placar de 6x4.

O BLOCO DA TESOURA
Em caso de Dilma não virar ficha suja até 3 de outubro e entrar no lugar do seu grande criador, estará substituindo apenas um reles cabo eleitoral. Será a primeira cabalada-eleitoral do Brasil.

Mas o risco não é esse. O perigo é que o PT e seus coalizados consigam a maioria no Congresso Nacional. Aí, vai pra rua o Bloco da Tesoura; Dilma de porta-estandarte e Franklin Martins de mestre-sala.

O Parlamento vai ser um grande carnaval e a ala "Controle Social da Comunicação" vai ganhar nota 10. O destaque na grande avenida da Esplanada dos Ministérios, vai ser a nova dona Solange, com a deslumbrante fantasia de Mulher da Tesoura.


CASA
Casa d'Irene, Casa da Mãe Joana, Casa da Sogra & Afins, Casa Vil, Casa Covil, Casa Comigo, Casa de Israel?... Casa da Guerra Civil da Presidência da República.

ALFAIATARIA
Em 2011, o Brasil da Silva vai mudar de ramo: deixa de ser lavanderia para ser Alfaiataria. Franklin Martins e Dilma são os mestres da tesoura.

DE CABO A RABO
Há mais de dois anos, quando encasquetou de eleger um poste, Lula da Silva deixou o cargo de presidente da República para se empregar como cabo eleitoral.

VACÂNCIA
O Brasil não tem presidente; tem um cabo eleitoral.

A Paixão de um Déspota pelas Donas Solanges

Manifesto em defesa da democracia


Algo de muito sério contra a democracia foi finalmente percebido por quem pensa no Brasil. O cheiro é fétido. O ranço está se tornando insuportável. Há algo de podre na República dos Calamares. Mas, enquanto Lula tem azia crônica contra a liberdade de expressão, contra quem não pensa como ele, contra quem não escreve ou diz o que ele quer que se escreva ou diga, um grupo de personalidades republicanas - intelectuais, juristas, artistas - iniciam um movimento de baixo para cima, a começar com o que entitularam como "Manifesto em Defesa da Democracia". O objetivo, avisa o grupo, "é brecar a marcha para o autoritarismo".

A crise de azia de Lula é, fundamentalmente, provocada pelas notícias que detonaram a farra e a parte da banda bandalha da famiglia Guerra que agia na Casa Civil da Presidência da República, estarrada logo acima do seu gabinete no Palácio do Planalto.

Dentre os que assinam o manifesto estão o jurista Hélio Bicudo, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Carlos Velloso, os cientistas políticos Leôncio Martins Rodrigues, José Arthur Gianotti, José Álvaro Moisés e Lourdes Sola, o poeta Ferreira Gullar, dom Paulo Evaristo Arns, os historiadores Marco Antonio Villa e Bóris Fausto, o embaixador Celso Lafer, os atores Carlos Vereza e Mauro Mendonça e a atriz Rosamaria Murtinho.

Leia, pois o documento foi escrito especialmente para você que sabe ler nesse país:

Manifesto em Defesa da Democracia

# Em uma democracia, nenhum dos Poderes é soberano.

# Soberana é a Constituição, pois é ela quem dá corpo e alma à soberania do povo.

# Acima dos políticos estão as instituições, pilares do regime democrático. Hoje, no Brasil, os inconformados com a democracia representativa se organizam no governo para solapar o regime democrático.

# É intolerável assistir ao uso de órgãos do Estado como extensão de um partido político, máquina de violação de sigilos e de agressão a direitos individuais.

# É inaceitável que a militância partidária tenha convertido os órgãos da administração direta, empresas estatais e fundos de pensão em centros de produção de dossiês contra adversários políticos.

# É lamentável que o Presidente esconda no governo que vemos o governo que não vemos, no qual as relações de compadrio e da fisiologia, quando não escandalosamente familiares, arbitram os altos interesses do país, negando-se a qualquer controle.

# É inconcebível que uma das mais importantes democracias do mundo seja assombrada por uma forma de autoritarismo hipócrita, que, na certeza da impunidade, já não se preocupa mais nem mesmo em fingir honestidade.

# É constrangedor que o Presidente da República não entenda que o seu cargo deve ser exercido em sua plenitude nas vinte e quatro horas do dia. Não há "depois do expediente" para um Chefe de Estado. É constrangedor também que ele não tenha a compostura de separar o homem de Estado do homem de partido, pondo-se a aviltar os seus adversários políticos com linguagem inaceitável, incompatível com o decoro do cargo, numa manifestação escancarada de abuso de poder político e de uso da máquina oficial em favor de uma candidatura. Ele não vê no "outro" um adversário que deve ser vencido segundo regras da Democracia, mas um inimigo que tem de ser eliminado.

# É aviltante que o governo estimule e financie a ação de grupos que pedem abertamente restrições à liberdade de imprensa, propondo mecanismos autoritários de submissão de jornalistas e empresas de comunicação às determinações de um partido político e de seus interesses.

# É repugnante que essa mesma máquina oficial de publicidade tenha sido mobilizada para reescrever a História, procurando desmerecer o trabalho de brasileiros e brasileiras que construíram as bases da estabilidade econômica e política, com o fim da inflação, a democratização do crédito, a expansão da telefonia e outras transformações que tantos benefícios trouxeram ao nosso povo.

# É um insulto à República que o Poder Legislativo seja tratado como mera extensão do Executivo, explicitando o intento de encabrestar o Senado. É um escárnio que o mesmo Presidente lamente publicamente o fato de ter de se submeter às decisões do Poder Judiciário.

# Cumpre-nos, pois, combater essa visão regressiva do processo político, que supõe que o poder conquistado nas urnas ou a popularidade de um líder lhe conferem licença para rasgar a Constituição e as leis. Propomos uma firme mobilização em favor de sua preservação, repudiando a ação daqueles que hoje usam de subterfúgios para solapá-las. É preciso brecar essa marcha para o autoritarismo.

# Brasileiros erguem sua voz em defesa da Constituição, das instituições e da legalidade:

# Não precisamos de soberanos com pretensões paternas, mas de democratas convictos.

RODAPÉ - É incrível que 46 anos depois da Redentora de 1964 surja diante da nação brasileira um tirano à moda Getúlio - O Simpático Ditador, com o poder de oratória de Hitler, a alma de Mussolini, a raposice de Fidel e o histrionismo tacanho de Hugo Chávez. Que esse manifesto seja o início de um movimento para acabar com a paixão de um déspota pelas novas donas Solanges - musas atuais da tesoura.

21 de set de 2010

Ficha Limpa no Supremo

Além do peso de uma hipocrisia sem tamanho, a Lei da Ficha Limpa coloca em cima dos ombros dos ministros do Supremo Tribunal Federal, a carga pesada do conceito da retroatividade e o fato de ser menor de idade: ainda não tem um ano de vida. Assim como é, atropela meia dúzia e salva o resto que o trem não pega. Por inconstitucional, não deve atingir ninguém.

Entrega Rápida

Há muito tempo não se via no Brasil uma carta de demissão chegar com tanta rapidez como essa do diretor de Operações dos Correios. Quatro dias depois, quase chegou antes da carta de Erenice Guerra. Nem o pessoal do Sedex acreditou.

Professor Tiririca

O palhaço Tiririca é a grande lição dessa eleição. Basta uma piada séria para os políticos se darem conta de que não passam de cocô do cavalo do bandido. Pela verdade que encerra, o grito Vote em Tiririca, pior do que tá não fica!, se transformou imediatamente em um milhão de votos.

O Sonho de um Palhaço...

Vejam só que história boba eu tenho pra contar... Quem é que vai querer me acreditar... É sobre um palhaço, vou dizer...

Pois é. Quando viram que um palhaço ia acabar com as zelites de uma igreja de ocasião e um partido de balcão, pastores se uniram às correntes majoritárias e já tratam de jogar bosta grossa na arena do grande circo da eleição. Eles o estão processando agora porque acham que a fantasia esconde o candidato. É falsidade ideológica. Juram, no entanto, que é por causa da declaração de bens que ele não tem. Bolas, nisso ele é igual à igreja que é dona do partido dele, intimamente ligado à facção do governo.

Esses caras dariam um nó na cabeça de Ionesco. Em matéria de absurdo, eles não fazem teatro. Toda palhaçada é vida real. E faz sentido.

Afinal, não é nada, não é nada, Tiririca pode emplacar de seis a sete deputados com os seus mais de 900 mil votos previstos. Isso para a pastoral universal é um demônio dos mais profundos quintos do inferno: Tiririca ficaria de dono da facção PR e, de quebra, do PRB que é de Zé Alencar que beija os anéis do bispo. Isso, também para as pretensões do PT de ter mais representantes no Parlamento do que o PMDB é uma afronta; é digamos no jeito petista de falar, um roubo!

Para impedir que isso aconteça, as duas facções são capazes de qualquer coisa para acabar com o sonho de Tiririca. Já começaram, como se diz por aí, a descabelar o palhaço.

O Dossiê Ambulante

Perseguida pelos fantasmas que avoam de tudo quanto é gaveta da Casa d'Irene da Presidência da República dos Calamares, dona Dilma ainda não tem como usar a tesoura do jeito que gostaria na pauta desses repórteres tão curiosos quanto atrevidos que andam por aí.


Respondendo mais uma vez à lambança protagonizada pela famiglia Guerra no andar de cima do gabinete de Lula, Dilma - ao mesmo tempo que admitia a bandalheira lá dentro, tirava o corpo fora: "Eu não posso responder por ela. Eu não posso ser responsabilizada pelo que faz o filho ou parente de alguém".

Pronto! À primeira vista, uma velada admissão de que não dá mais para esconder a bagunça; a um segundo olhar, a solução simplista e corriqueira bem à moda PT quando sai de banda: para livrar-se de qualquer responsabilidade, basta indicar um ministro de cueca ou calcinha que use filhos e parentes como laranjas. Uma vez descoberta a maracutaia, o criador da criatura não pode ser responsável "pelo que faz o filho ou parente de alguém". Simples assim?...

Ledo engano. Na política de hoje no Brasil da Silva, ninguém pode responder pelo que fazem os filhos e parentes de alguém, mas todo mundo é refém de todo mundo. Não se espante com o que vem por aí. Pior do que tá, não fica.

RODAPÉ - Duela a quien duela, Erenice Guerra é um dossiê ambulante para ficar desempregada por muito tempo.

3 DE OUTUBRO - O DIA DA BENGALADA

Foto: Vilmar Tavares
Alô, alô aposentados e pensionistas do Brasil! Vocês que já tem 70 anos, não precisam votar nessas eleições. O Art. 14 da Constituição-Cidadã de 1988, lhes garante esse direito.

Mas, não façam isso. Vocês precisam ir lá, no dia 3 de outubro, só para votar contra aqueles que lhe aplicaram o fator previdenciário que nos últimos anos reduziu seus salários a menos do que a metade.

Vocês - e a garotada dos 16 que ainda não chegou aos 18 anos de idade - são uns dos poucos nesse Brasil para quem o voto não é uma obrigação; é um direito. Usem seus votos facultativos como uma bengala cívica. Vinguem-se.

RODAPÉ - O fator previdenciário não foi inventado por Lula. Descumprindo o que prometera para se eleger em 2002, Lula o consolidou.
LEI DO MAIS FORTE
É comomovente o empenho dos institutos de pesquisas de opinião eleitoral para mostrar que as denúncias contra o governo não causam nenhum efeito na campanha de Dilma. Sem revelar até hoje com precisão a faixa social em que as enquetes são realizadas, os institutos fazem bem ao fígado de seus patrocinadores. A estratégia surte efeito, já que a mídia dá efeito multiplicador aos números apresentados e o público se deixa levar pelo velho espírito da lei do mais forte; pela tendência natural de sempre acompanhar os "vencedores". O povo gosta de ser submisso, de ser mandado; precisa ter patrão.

PROIBIDO PROIBIR
A OAB quer impedir a exposição da série "Inimigos" na 29ª Bienal de São Paulo. A obra é do artista plástico pernambucano Gil Vicente. Traz um conjunto de imagens do próprio artista executando personalidades como o presideus Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, George W. Bush, Ariel Sharon e o Papa Bento XVI. Agnaldo Farias, um dos curadores da Bienal, não se conforma com a atitude da OAB: "Claro que isso é um exagero, um absurdo, um retrocesso. O fato de partir da OAB é ainda mais desalentador". Farias garante que a série será exposta. "Dizer que se trata de uma apologia à violência é o mesmo que dizer que Édipo Rei incentiva o parricídio e o incesto". É proibido poibir. Se, de fato é incitação à violência, o Código Penal pode muito bem tratar disso. Por enquanto, deixa expor... Cadê a prova, cadê?!?

AMAPÁ
Pedro Paulo Dias, depois de mais de uma semana de cadeia, voltou ontem ao governo do Amapá. E voltou nos braços do povo. Taí ó, quanto mais denúncias, quanto mais acusações, mais popularidade.
Mais de mil funcionários fantasmas estavam à espera do governante ideal no aeroporto de Macapá. A terra do manganês e de Sarney, merece.

REVOLTA
Nem a natureza aguenta mais o que os políticos fazem com Brasília. E olha que eles não são filhos da terra. Eles vem de todas as partes do Brasil. Vem aí da sua cidade, do seu estado. Ficam por Brasília de terça a quinta-feira e retornam sempre, lépidos e faceiros, para as suas "bases eleitorais", onde aprenderam a arte e manha de não terem medo de ser felizes. Agora, o Distrito Federal está em estado de emergência pela seca. Um incêndio de enormes proporções já consumiu 25% do Parque Nacional de Brasília. Há 115 dias não chove e a secura favore incêndios. As chamas de verdade ainda não atingiram a Câmara Distrital nem o Palácio Buriti. Mas a natureza está revoltada. Sempre resta alguma esperança...

MOTIVO NADA FÚTIL
Mais de um ano depois, a Polícia Civil pediu, nesta segunda-feira, a prisão preventiva de cinco suspeitos de envolvimento na morte do ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) José Guilherme Villela, de sua mulher, Maria Carvalho, e da empregada Francisca Nascimento da Silva. Entre os suspeitos está a delegada que primeiro investigou o crime, Martha Vargas. O pedido feito ao Ministério Público atinge a filha do casal, Adriana Villela, essa delegada Martha, o policial José Augusto Alves, a vidente Rosa Maria Jaques e o marido dela, João Tochetto.O ministro, a esposa e a empregada foram assassinados com 73 facadas em 28 de agosto do ano passado no apartamento onde moravam, situado numa quadra nobre de Brasília. O crime não teve nada a ver com questões políticas, nem eleitorais. Foi cometido por um motivo nada fútil para os padrões morais de hoje: um patrimônio de R$ 10 milhões. Uma loteria de segunda-feira.

AH, BOM...
Dilma, enfim, contou uma "novidade" e fez uma declaração de peso: "Ninguém sabe tudo no governo". Isso tem que ser bem analisado pelos contribuintes que, de vez em quando, votam.

Como assim, "ninguém sabe tudo no governo"? Quer dizer então que o governo que indica, nomeia, terceiriza ministérios, cargos em comissão, assessorias aos borbotões, não controla o que a sua gente escolhida a dedo anda fazendo por aí? Quer dizer então, que Lula não estava dissimulando quando fez cara de paisagem para o Mensalão e disse que não sabia de nada? Quer dizer que ela mesma, dona Dilma, não está nos passando pra trás quando garante que não sabia o quê e quem era a famiglia Guerra? Quer dizer que ninguem sabia da turma do Amapá, do bando de aloprados, dos dossiês, dos cuequeiros, dos sanguessugas?!? Ah, bom.

O OUTRO
Só há uma salvação para um eventual governo de Lula no ano que vem: o PT ultrapassar o número de candidatos eleitos pelo PMDB. Com a maioria no Congresso Nacional, o PT vai tirar metade da empáfia que os peemedebistas tem de ser um partido feito para estar em segundo lugar em todo e qualquer governo desse país. Se não for assim, quem vai governar é o PMDB ao invés de dona Flor e seu falecido marido trabalhador.

20 de set de 2010

Lula não é contra a imprensa

O Garanhão de Pelotas, travestido (epa!) de cientista político - sua multifacetada personalidade permite isso - declarou ontem, em sua casa civil, em Isla Margherita no caribe venezuelano onde goza uma semana de férias com suas três secretárias executoras: - O presideus Lula não é contra a imprensa; Lula é contra o jornalismo investigativo... Onde já se viu, na sua democracia, um repórter ter a ousadia de dar mais crédito as suas fontes do que aos releases do Franklin Martins?!?
FICAM OS LUCROS
Diretor dos Correios sai; contratos ficam. É que recursos humanos significam despesa; recursos negociais, dão lucro.

O SINAL
Erenice mantém cargos no BNDES e na Eletrobras. Sinal de que, assim que baixar a poeira, ela já pega outra boquinha-rica.

TRAÍDA
Empresa do marido de Erenice é favorecida, dizem os alvejantes de costume. Erenice não sabia que estava sendo traída. Guerra é guerra.

TUDO EM CASA
Computadores da Casa Civil são lacrados. Com tudo que já se sabe e muito mais que só os moradores conhecem. Agora só a raposa cuida do galinheiro.


CADÊ?
Denúncia é inconsistente, diz o comando petista. Pois, não é que é mesmo? Cadê as provas, cadê?!?

REAÇÃO
Entidades reagem a ataques de Lula à imprensa. OAB, ABERT e ANJ estão pulando fora das tamancas, denunciando ameaça de censura, dentre outras sandices do presideus que tem azia quando lê e vê o que não é espelho. O Sindicato dos Jornalistas não tugiu, nem mugiu.

DISTRAÍDA
Dilma: "não dá pra saber tudo que acontece". Se dentro de casa não dá, imagine só se vai dar no Brasil inteiro. Erenice se disse "traída"; Dilma agora se confessa "distraída".

FOI FUNDO
Serra: "Ou Dilma sabia e é conivente, ou não sabia e é incompetente". Pô, como esse Zé Serra é profundo... Deu o máximo que ele pode dar.

QUEM É QUE JOGA?
Mano Menezes vai conversar com Dorival Júnior para ver se convoca Neymar, ou não. Bolas, fala com o moleque, pô! Quem vai jogar é ele, não o Dorival. Outra coisa, pergunta pro Neymar se ele quer jogar nessa Seleção mambembe...

COMBUSTÍVEL À VONTADE
A Polícia Civil de Brasília, prendeu mais de 300 pessoas em um posto de gasolina da cidade satélite de Ceilândia. Elas se abasteciam de drogas e de sexo ao ar livre, pelo menos tres vezes por semana. Só faltava o posto se chamar Woodstock. Já está todo mundo solto. Esse pessoal bem que poderia se candidatar nas próximas eleições. Para a Câmara Distrital, em Brasília, ou para o governo do Amapá.

13 DÁ SORTE
Em qualquer eleição no Brasil vote 13 que dá sorte. Logo vai aparecer dinheiro vivo na gaveta da sua mesa de trabalho.

PROPORÇÃO
Em 23 rodadas do Brasileirão, 21 técnicos foram demitidos. No governo Lula a proporção é maior: em 8 anos, caíram 9 ministros por denúncias das mais variadas.

DE FERRADURA
Felipão diz que seu time "bate uma no cravo e outra na ferradura". Faz sentido... Pela campanha do Palmeiras e pelo seu jeito de tratar a imprensa esportiva.

INSTABILIDADE
No Brasil Da Silva, só existe uma categoria profissional que perde mais emprego do que ministro de Lula: técnico de futebol.

FIDELIDADE
Nenhum treinador faz, nesse campeonato brasileiro, uma campanha mais pífia do que Vanderlei Luxemburgo à frente do Atlético de Minas Gerais. Sua fidelidade ao Galo mineiro tem uma base muito sólida: não há clube hoje no país que tenha coragem de cobrir o salário que ele ganha no Atlético.
GALO VÉIO
Luiz Inácio jamais deveria ser Lula. Era pra ser Galo da Silva. Ele canta e pensa que é só por isso que o sol nasce.

FORÇA
Confronto na fronteira do Equador mata 22 rebeldes das Forças Revolucionárias Colombianas, as Farcs - companheiras boas e batutas. O governo Lula deveria mandar para lá uma Força de Paz. Só para garantir a evolução democrática das Farcs que "podem virar um partido".

FOI-SE
Pronto, Eduardo Artur Rodrigues, o Cel. Quaquá saiu chorando do emprego de diretor de operações dos Correios. Ele é acusado de ter favorecido contratos milionários da ECT com a MTA - Mete Tudo, Atola... Davi Zé de Matos, presidente dos Correios, jura que ele era bonzinho. Ah, bom.

ENTÃO, TÁ
Hoje de manhã, na reunião de coordenação política das segundas-feiras, Lula pediu ao ministro da Justiça - que ele mesmo botou no lugar de Genro, o seu Tarso que não faz falta - celeridade na apuração das maracutaias na Casa d'Irene. Claro, não foi assim desse jeito que ele pediu, mas é disso que agente tá falando. E se ele pediu para o ministro, então pode deixar que tá tudo dominado.

MAROLINHA
Essa mais nova onda de escândalos não tem nada a ver com campanhas políticas. Não é nem sequer intriga da oposição. É só uma marolinha de fim de mandato. Sabe cumé, as pessoas ficam com medo de perder a condição de "não comuns" e jogam todas as fichas em cada lance que aparece. É fim de farra. Viram todos meros descuidistas, descuidados.

CASTELO DE CARTAS
Essa Casa Civil é um castelo de cartas. Todas escondidas nas mangas dos coletes da Bolsa-Famiglia de Erenice, a que fazia e acontecia e Dilma não sabia.



TIRIRICA
Tiririca é o novo fenômeno de intenções de votos. Deve emplacar quase um milhão, em outubro. Sua mensagem diz tudo que o eleitor precisa: Vote em Tiririca, pior do que tá não fica! Ele é aliado do PT de Dilma - que era chefe da Casa Civil e não sabia que havia uma Guerra por lá. Dilma fica tiririca da vida quando alguém diz isso. Mas, no fundo, no fundo, votar em Tiririca ou na Dilma, para o povão é a mesma coisa.


QUAQUAQUÁ
Lula não sabe mais o que fazer com os Correios. Aquilo lá está que nem a Casa d'Irene da Presidência da República - é um entra e sai que ninguém mais se entende. O governo conseguiu acabar com a seriedade e a eficácia de um dos únicos serviços públicos que funcionavam nesse país. Eduardo Arthur Rodrigues da Silva, o Coronel Quaquá apresentou carta de demissão do cargo de diretor de Operações. Sair chorando é de dar frouxos de riso.

RECORDE MÓRBIDO
Até este exato momento, nada menos de 7 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito nas estradas brasileiras. A esta altura, já devem ser mais de 7.001 mortos. Em todo caso, o número bate todos os recordes nos últimos 12 anos. É o seguinte: enquanto a turma se distrai cobrando propina, não faz o que tem que fazer. Viajar hoje, em estrada que não tem pedágio, é tirar passaporte pra vida eterna, amém. Ei, já devem 7.002!

CADÊ VOCÊ?
Se o Brasil não fosse propriedade do PT, essa gente que rouba porque deixa roubar já estaria toda na cadeia. Em cada dez petistas, nove tem ficha suja. O outro, se esconde de vergonha. Claro, você é um dos que a gente não sabe onde está. Você até parece a tal prova que a Dilma tanto quer ver: não aparece nunca. Apareça, você ainda pode salvar esse País.

OUTRO RECORDEEm oito anos de governo Lula, nove ministros foram demitidos - besteira, saíram "a pedido" - sob denúncias de todo tipo e feitio. É um recorde mundial. Mais de um ministro por ano. Quem sabe, a gente prorroga o mandato, só para ser justo com Lula e ver se ele consegue buscar o honroso empate? Todo mundo sabe que Lula tem pavor de perder qualquer parada.

Pegue aí a relação dos que não souberam ou não gostaram de ser ministros: Benedita da Silva, Romero Jucá, Zé Dirceu, Antonio Palocci, Luiz Gushiken, Silas Rondeaus, Walfrido Mares Guia, Matilde Ribeiro e a caçula Erenice Guerra. A Casa Civil é bicampeã na modalidade. Bendita deu o pontapé incial, pagando as contas de um hotel cinco estrela, em Buenos Aires, com dinheiro das burras públicas.

O PV NÃO ROUBA...
Sede do Partido Verde em SP é furtada. Segundo o partido, CPUs, monitores, TV e filmadora foram levados. Ladrões fugiram antes da chegada da empresa de monitoramento e da PM. Taí ó, o PV é um partido que não rouba, mas se deixou roubar. Não, a sede do PT, não foi roubada.

CADÊ AS PROVAS?
Mizael Bispo pode ter ordem de prisão decretada a qualquer momento. Mizael é aquele advogado chave-de-cadeia que quer saber cadê as provas de quem ele matou a namorada Mércia Kavashima que lhe dera um chute nos fundilhos. Vai se mandar de novo. Só reaparece quando surgirem as provas. Cadê as provas, cadê? Ele não vê prova nenhuma... Tem tudo para ser candidato a presidente da República, em 2014.

POUPANÇA PÚBLICA
Rússia prevê demitir 100 mil funcionários públicos até 2013. Mais uma goelada do comandante Fidel e seu mano Raúl Castro. Eles acabam de anunciar a demissão de 500 mil para o ano que vem. A Rússia garante que vai poupar com a medida, mais de US$ 1,3 bilhão. Se o governo cubano poupasse a metade disso aí, Lula comprava a ilha para ele. Só para não ficar sem fazer nada nesses próximos quatro anos, até a próxima eleição.
A COMPRA
A propósito, se Lula demitisse 30 dos seus 40 ministros - só os desnecessários - ele pouparia o suficiente para comprar o Amapá. Desde que aquele estado estivesse livre e desimpedido da banda do Sarney. Do contrário, é jogar dinheiro fora.

A HERANÇA
Mercado eleva previsão de inflação Estimativa para o IPCA deste ano foi revisada e subiu de 4,97% para 5,01%. Para 2011, previsão subiu pela segunda semana de 4,90% para 4,95% . Pronto, taí mais uma herança pra quem vem de lá, todo rebolado, e parece um boneco desengonçado. Não é que a inflação está saindo das gondolas dos supermercados e das vitrinas para chegar no paraíso?!?

CRIE SEU ODORICO
Golbery do Couto e Silva foi o mentor do Odorico Paraguassu, prefeito de Sucupira que virou novela para cutucar Leonel Brizola. Se você fosse o Dias Gomes, que personagem criaria agora para ser um novo campeão de audiência? Enredo é o que não falta.

A MÃE
Uma coisa deve ser feita a bem da Justiça na República dos Calamares: eleger Erenice Guerra a Mãe Brasileira. Depois é só mamar nas tetas do governo.

ABAIXO DE SARNEY
Lula, em entrevista o portal iG, disse entre outras coisas que quer "voltar a ser uma pessoa normal". Esse Lula é o mesmo aquele que disse que Sarney era uma "pessoa não comum". Pronto, é só deixar a Presidência da República e Lula logo estará abaixo da estatura social e política do senador do Amapá, proprietário do Maranhão.

EMPATE
Paulo Skaf, big boss da Fiesp, é candidato ao governo de São Paulo. Pelo Datafolha, ele teria hoje 3% das intenções de voto. O Datafolha é o mesmo instituto que deu 3% de votos para o Tiririca. Não é nada, não é nada, isso quer dizer que Skaf e Tiririca vão arrebanhar, cada um, 900 mil dos 30 milhões de votos paulistas. Um honroso empate.