26 de jul de 2010

A Próxima Atração

Lula - Aquele que se chama de Dilma, vai protagonizar o filme "Dilma - A Paulista Filha do Brasil, de Minas, do Rio Grande do Sul, Norte e Nordeste". Ele fará o "nariz de cera" do primeiro programa da série de TV da postulante. Ela vai interpretar o papel de antiga dona de Casa Civil, de ex-ministra e de guerrilheira aposentada. A próxima atração do rádio e da TV é a propaganda eleitoral, anunciada para começar oficialmente em 17 de agosto.

Lula, vai desempenhar um personagem tipo assim Cid Moreira ou Sérgio Chapelin, mostrando a mocinha Dilma como a sua heroína predileta da novela das grandes promessas de obras do seu governo, todas ainda no papel dos PACs 1 e 2 e dos eventuais PiriPACs de um porvir risonho.

A versão petista de Cid Moreira do PT vai dar um jeito de garantir que nenhum programa social - do Bolsa-Família  ao Minha Casa, Minha Vida, sofrerá mudança se Dilma tomar o seu lugar no Palácio. É provável que ele não se refira, em capítulo algum, ao falecido Fome Zero.

O novo campeão de audiência dos meios eletrônicos brasileiros tem tudo para ser uma versão "água-com açúcar" da melhor qualidade. Vai mostrar aos brasileiros o Brasil Da Silva que os brasileiros não conhecem. Os dados são confiáveis. Há centenas de dossiês que seguem o script por aí e que não deixam mentir. Vai ter por-do-sol; verdes matas, sorrisos lindos com todos os dentes; efeitos especiais; belas noites cedendo lugar aos dias que chegam resplandescentes...

Todo mundo vai ter emprego; comida na mesa, transporte de primeira; segurança pública; liberdade de credo, pensamento e expressão; férias e muito lazer; saúde, educação, previdência social, higiene; o petróleo vai jorrar, todos terão energia limpa e poderão beber biocombustíveis - afinal, no Brasil quem bebe dirige; todos terão o frio conforme o cobertor, vestuário adequado e talvez até bolsas Kelly.

O apresentador vai matar a cobra e mostrar o pau, provando por A + Dilma que com ela, o governo vai fazer nos próximos quatro anos tudo aquilo que nos últimos oito anos não fez, porque teve que cuidar o tempo todo só da "herança de outros governos descuidados e incompetentes". O Brasil que vem aí não terá nem gases. Talvez porque todo aquele que não come, não tem o que obrar.

Vai ser uma série de programas às claras. Vem aí o programa "Apagão, Nunca Mais". Ah, sim... Lula - O Cidelin, a simbiose de Cid Moreira com Sérgio Chapelin, vai mostrar o que é transferência de prestígio internacional, mostrando trechos de viagens turísticas de uma simpática Dilma à Europa, com recursos de flashback da postulante com um dirigente lá que outro do Velho Continente: Zapatero, da Espanha, o Sócrates que saiu da Grécia antiga e foi parar em Portugal... Quem sabe até mostre Dilma dando um caloroso abraço no Durão, da União Européia.

Então, você já sabe: a partir de 17 de agosto, não saia de casa. Vem aí, mais um campeão de audiência.

RODAPÉ - Não, a foto não é de Norma Bengell. Não, também não é a foto de um poste. A imagem é de uma comediante, equilibrista e contorcionista do Cirque du Soleil. Nem se sabe bem por quê veio parar neste espaço.