7 de jul de 2010

Batendo em porta errada

Enquanto se prepara para ir à festa de lançamento da logomarca Copa-2014, amanhã em Joanesburgo, o Garanhão de Pelotas lê no jornal Estado de S.Paulo: Juiz boliviano pede asilo ao Brasil. Luiz Ernando Tapia Pachi alega que sofre perseguição por parte do governo de Evo Morales.

Dá um leve chega pra lá na secretária-executada Número 2 e conjetura com os botões dourados de seu pijama de algodão egípcio:

- A sorte desse juiz é que Lula - o que se chama de Dilma, está na África do Sul, comendo tapioca à espera de lançar amanhã a Copa-14 com seu amigo Ricardo Teixeira. Mas deixa só o presideus ficar sabendo disso...