6 de jun de 2010

Reinauguração do Teatro Colón - Buenos Aires

Foto: Arq.Implacáveis/TP
 Na noite de 28 de maio, a caminho dos camarins, o tenor Garanhão de Pelotas registrou num rápido flash o elegante grupo formado por Toninho Pontes, sua prima Dalinda Pacheco, Luís Carlos Irigoien e sua esposa Iara. Eles se dirigiam naquele instante ao seu camarote no Teatro Colón para assistir La Bohème - espetáculo de reinaguração de uma das maiores casas de espetáculos do mundo.

No day after, o Garanhão de Pelotas ainda teve tempo de pegar um postal do Cólon - um dos mais famosos templos da ópera no mundo, fundado em 25 de maio de 1908. Logo em seguida o nosso herói despiu-se da personalidade de tenor e voou para a Joanesburgo, onde vai cobrir a atuação da Famíglia do Dunga nessa Copa do Mundo - opereta bufa que, politicamente correta, se realiza no reino dos afro-descendentes.