17 de jun de 2010

BOLA ROLANDO

TANGOS &TRAGÉDIAS
Mesmo nos melhores momentos Maradona, assim como a Argentina é um tango. Agora, lidera com enorme vantagem a sua chave nesta fase inicial da Copa e tem o goleador da competição: Higuaín com 3 gols... Não é nada, não é nada, Higuaín está para o futebol argentino assim como Carlos Gardel estava para o tango: ambos são franceses. Higuaín nasceu em Brest; Gardel, em Toulouse. Uma velha tragédia.

ESPERANÇA
Dunga exultante. Deu um sorriso amarelo assim que a Argentina levou um gol da Coréia do Sul, pior que a do Norte. Os 4x1 do time de Maradona, encheram de esperança o Brasil de Ricardo Teixeira - aquele que tramou com o presidente do Corinthians - chefe da comitiva da CBF na África - a desclassificação do Morumbi na Copa de 2014.

PAU, PAU - Ali, à beira do gramado, Dunga até pode ser o Maradona brasileiro, mas não adianta nem fazer gol de placa, bejim, bejim, ele não dá.

INTOLERÁVEL - É como dizia ao filho aquele torcedor que não tinha nada de argentino: - Meu filho, seja tolerante. Só brigue na vida quando alguém chamá-lo de Maradona.
ACERTOU SEMPRE
Foi fácil para Galvão Bueno narrar o jogo da Coréia: as caras e os nomes eram todos iguais. Mais barbada ainda foi o jogo da Grécia. Eram todos Papadopoulos.