11 de nov de 2010

TIRIRICA PODE VOTAR CONTRA CENSURA À IMPRENSA

Tiririca - quer dizer, só Tiririca não... Dobrem a língua. Deputado Tiririca! Pois é, o palhaço mais votado do Brasil precisou fazer teste na Justiça Eleitoral para provar que não é analfabeto. Se tivesse concorrido à Presidência da República não precisaria pagar esse mico.

Então, como a gente ia dizendo, o senhor deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Lima, o Tiririca (PR-SP), valeu-se do que diz a lei e deu uma banana para a perícia grafotécnica no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo que comprovaria se a assinatura em seu pedido de registro eleitoral é mesmo dele, ou se foi terceirizada como é moda no Brasil.

Seu Tiririca fez muito melhor: escreveu um ditado e leu trechos de duas matérias de jornal. O bom disso tudo é que Tiririca - ao contrário de outros semianalfas que cantam de galo por aí - leu o jornal e não teve azia. Isso pode ser um forte sinal de que, no ano que vem, na hora de votar a proposta de censura à imprensa lá na casa de tolerância do povo, ele vai ser contra.

Outra coisinha mais a favor do popular comediante: o teste foi aplicado pela Justiça Eleitoral e não pela turma do bobo da Corte que coordena o Enem.