6 de nov de 2010

A COLA
Enem - não leve celular, lápis, nem relógio. Limite-se a fazer o que está naquela cópia da prova que já vazou pra sua turma.

DISPUTA, DIZ
Brasil disputará FAO e candidato pode ser Lula. País oficializa candidatura pela direção-geral da ONU para Alimentação e Agricultura, mas não antecipa nome para a disputa. Já que não disputa, então, diz qualquer coisa. O importante é continuar sendo notícia.

A PROVA
Nessa especulação mais tímida do que velada o que se imagina é que Lula é forte candidato à cadeira de Agricultura da ONU. O MST está aí para provar ao mundo o que é mesmo que Lula quer dizer com reforma agrária.

EM CAMPANHA
PF prende sobrinho de Agaciel Maia por receber propina. Diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes do Estado, Gleidson Maia foi pego recebendo R$ 50 mil em propina. Ora, ora, quem sai aos seus não tem jeito mesmo. Gleidson apenas está começando sua campanha para deputado distrital, em Brasília.

LARANJÃO
Sarney saiu do hospital rugindo: admite possibilidade de Congresso recriar CPMF. Presidente da Casa diz que, mesmo que Dilma não pense na proposta, o Congresso pode tomar a iniciativa. Mais que uma ameaça, esta é a primeira tentativa de blindagem à nova dama-de-ferro do Brasil. É bem como a gente esperava: Dona Flor não precisa fazer nada, basta contar com laranjas do imenso laranjal de comparsas aliados. Depois é só esperar sentada e sancionar aquilo que mandou a Casa da Dilma fazer.

O ISOPOR
Dona Dilma, qual Margarida, apareceu na manhã dessa sexta-feira, na Praia do Patizeiro, a 21 quilômetros do centro de Itacaré, na Bahia. A primeira dama da República Tiririca que já se inicia nu lugar da nação dos calamares não era vista pela imprensa desde a entrevista coletiva na quarta-feira, há tres dias, em Brasília. Ela chegou à praia acompanhada por dois assessores e por um policial federal em dois quadriciclos, por volta das 9 horas. De maiô, tomou banho de mar por cerca de 15 minutos e caminhou pela areia por outros 15, antes de se sentar sob uma estrutura especialmente montada, com um toldo e uma caixa de isopor. Pouco depois das 10 horas, a estrutura foi desmontada e a presidenta, com as testemunhas oculares, deixou o local. Como se denota, há alguns hábitos luláticos que se arraigaram: a reles caixa de isopor acabou com o requinte do clima da primeira meditação praiana da nossa primeira presidenta.

O CODINOME
Só agora a oposição descobriu qual o codinome mais apropriado para Lula: Mentirinha. Tem as pernas curtas.