17 de nov de 2010

Garanhão versejante

Sabor a nada
Foi assim que ele se deu por achado:
Ela com sabor de pizza portuguesa,
Insossa – sussurra: “meu velho safado”...
Bem no momento do beijo à francesa.

Lesbos, Gata 44
Ela, gostosa, bonita, uma gata;
Ele, só um delicado sapateiro,
Que o tempo todo, o dia inteiro,
Fazia com ela gato e sapato!

Futebol de Mulher
Mata a bola nos peitos / escorrega na coxa / passes de curva, sem defeitos / ela tem aquilo roxa. / Enfia no meio das pernas e mete na brecha / sua defesa abre e fecha... / embaixo dos paus, a goleira / encaixa as bolas, faceira. / Decididamente, esses lances nos consomem. / Futebol é coisa de homem!

Dose
Eu ontem bebi uma lágrima doce
Que salgou de tristeza o meu uísque
Por tudo quanto o nosso passado fosse.
Hoje, por mim, por você, por favor: risque!

Templo
Descrente, só é eterna minha vida,
Quando ponho os lábios sob os teus véus.
É assim que, ajoelhado, querida,

Rezo em teu templo, e dou graças aos céus.