13 de nov de 2010

Sabatina do Brasileirão

ATLÉTICO MG 4 x 1 FLAMENGO

TROFÉU GARANTIDO - Já não resta a menor dúvida, Luxemburgo vai conseguir o seu intento em 2010: vai ganhar o troféu de pior treinador do ano.

A VACINA - Mal começou a chover e Luxemburgo resolveu preservar Petcovic. É que este ano o sérvio do Flamengo não tomou a vacina antigripal dos idosos.

OBEDIENTES - Por tudo quanto fizeram em campo, os jogadores do Atlético e do Flamengo fizeram exatamente o que Vanderlei Luxemburgo queria.

CORINTHIANS 1 x 0 CRUZEIRO

DUPLA - A zaga do Cruzeiro passou o tempo todo "mordendo" a dupla cortintiana Dentinho/Dentão.

CLONE - Pela estatura, pelo jeito de andar, pelo olhar, o atacante cortintiano Jorge Henrique é o Romário que não faz gol.

INJUSTIÇA - A maior injustiça daquele penalti para o Corinthians ao apagar das luzes é que ele foi cobrado pelo Ronaldo Fenômeno. O árbitro é quem deveria ter batido.

FAVORECIMENTO - Já naquele lance em que o atacante cruzeirista Tiago Silva foi atropelado pelo goleiro corintiano Julio Cesar, o árbitro ao invés de dar penalti resolveu dar uma aula de futebol. Todo mundo ficou sabendo agora, o que a diretoria do Corinthians já sabe há muito tempo: o que é mesmo que a tal lei da vantagem.

CHUTA! - Depois do penalti inventado, os ânimos ficaram exaltados. Faltando um minuto para acabar a partida, Cuca grita para o seu lateral:

- Chuta! Chuta!
- Mas, a bola tá lado do outro lado...
- Mas o juiz taí na sua frente, pô!

SANTOS 0 x 0 GREMIO

BATEDOR OFICIAL - Zé Eduardo perdeu o penalti contra o Gremio. Pronto, agora está confirmado: Dorival Júnior não tinha razão. Quando Neymar voltar da Seleção reassume o lugar de batedor oficial.