22 de ago de 2010

Overdose antes do jogo pra valer

Mal e mal Dilmaria botou salto alto na chuteira e o PMDB já começou a dar de bico. Foi só perceber que a disputa pode acabar no primeiro turno e já deu entrou de carrinho pra cima do time de Lula. Chutou forte. Quer mandar meio a meio com os titulares a partir de outubro.

Isso quer dizer, nada mais nada menos, do que dar as táticas na Câmara e no Senado; escalar os craques; indicar os juízes; tomar conta da bilheteria, controlar os cambistas e ficar pelo menos com metade da renda.

Oportunista, o elenco de Michel Temer botou em campo a estratégia da coalizão pela governabilidade.
Pouco menos do que uma overdose tática antes que o jogo comece pra valer. A essa altura do campeonato, Lula vai ter que engolir o doping. Se não entregar os pontos, perde por WO.

E nem precisa fazer o teste do xixi. Perderia o jogo e amargaria uma suspensão de quatro anos sem ver a cor da bola. Michel Temer é daqueles que não fazem preleção, só falam à boca pequena. De preferência tipo assim segredos de liquidificador. Não joga para perder.