27 de ago de 2010

A Maldição que vem do Frio

Foto: Presidência da República
O Peso de Neymar e Ganso

Hoje Hoje o Santos volta a campo. Neymar e Ganso carregam nas costas o peso do time inteiro. Principalmente, hoje, primeiro jogo depois do encontro com Lula, em São Paulo. Bota peso nisso. Ficar frente a frente com Lula é a maior bola nas costas. (Este texto foi postado na véspera do jogo Grêmio x Santos, em Porto Alegre).

Reprodução/AE
Foi só a crônica de um azarão anunciado. Como se vê aí acima, Neymar e Ganso se encontraram com Lula, a pedido do próprio presideus. No dia seguinte, Neymar perdeu um penalti, Ganso torceu o joelho e só volta a jogar no ano que vem. Depois de fevereiro e olhe lá.

THE DAY AFTER
Mais do que produzir o efeito day after em Ganso, Lula desestruturou o time do Santos que vinha recriando o futebol-arte no Brasil.

EFICÁCIA
Pelo que aconteceu com Ganso logo depois de se encontrar com Lula, dá para perceber que a campanha do governo (?) contra o crack tem tudo para dar certo. Acabar com craque é uma das especialidades de Lula.

FORA DE MODA
O caso Bruno/Eliza já caiu de moda. Nem a torcida do Flamengo está sentindo mais a falta do seu goleiro titular.

EM CAUSA PRÓPRIA
Agora é lei: falar mal de pai ou mãe para filhos vira crime. O Pai do Brasil sancionou a medida nesta quinta-feira. Legislou em causa própria. Agora se o Zé Serra, ou o Índio falarem do Pai dos Pobres e da Mãe do PAC para os brasileiros, eles viram criminosos. Essa doeu mais que a palmadinha. O melhor mesmo é levar tudo na esportiva.

NA MOITA
Assim como quem não quer nada, mais na moita do que o relaxamento da extradição de Ceare Battisti - ilustre hóspede de Tarso Genro na Papuda - Lula assinou ontem o decreto de concessão da usina Belo Monte, no Pará. Uma vez mais fez o que bem entendeu e sempre quis. Ele não acaba o mandato sem recriar a CPMF, o imposto do achaque ao cheque. Gol contra é o que não falta.

ORA DIREIS, PESQUISAS...
IPSC - Instituto de Pesquisas Sem Compromisso revelou que, levantamento feito em todo o território nacional de fio a pavio, prova que 100% dos cartazes de propaganda política mostram os candidatos sorrindo. O dado comprova: não há candidato sério. Isso é que é goleada.

FIDELIDADE
O IPSC publicou dados também sobre pesquisa feita no jogo Flamengo x Atlético-MG: 100% dos ocupantes do ônibus que transportava os jogadores do Atlético torciam para o time mineiro.

CREDIBILIDADE
O mesmo instituto de pesquisa de opinião pública foi a um núcleo recém-inaugurado do programa Minha Casa, Minha Vida. Lá deu 150% de popularidade para Lula. Detalhe: os 50% de excesso eram para Dilma. Vai ganhar sem ter que disputar o segundo turno.

VÍCIO COMPULSÓRIO
Qualquer campanha contra qualquer o vício é sempre bem-vinda. Mas, em São Paulo, é malhar em ferro frio: cientistas alertam que respirar o ar paulistano equivale a fumar dois cigarros por dia. Nem o Gerson nos bons tempos fumava tanto.

MEDIOCRIDADE TRICOLOR
Enquanto o São Paulo segue ladeira abaixo, o atacante escorraçado Washington Coração Valente, vai metendo suas buchas a cada joguinho do Fluminense. A mediocridade sampaulina dentro de campo sai pronta do vestiário, depois de ser inventada nos gabinetes da direção. Não é nada, não é nada, empatar com o Vasco é derrota.

TABELA
Fluminense, Corinthians, Botafogo e Santos. O campeonato brasileiro está empatado entre dois times paulistas e dois cariocas. O Fluminense é o goleador.

PODE GOZAR

A Justiça Eleitoral voltou atrás e agora liberou geral. Os comediantes já podem gozar à vontade com a imagem dos políticos. Difícil é fazer uma piada mais engraçada do que um político metido a sério no Brasil. A medida vai servir apenas para mostrar a escassez de humoristas num país que já tem tanto candidato. E o pior é que ninguém notou como, no meio deles, o Tiririca nem parece palhaço... É como diz o filósofo aliado de Dilma, o des/engraçado Tiririca: Pior do que tá, não fica!