20 de ago de 2010

Bengala envenenada


Há muita gente intrigada com as circunstâncias da morte de Yves Hublet no dia 26 de julho, em Brasília.

Quem falou a respeito disse que o escritor de historietas infantís, consagrado nacionalmente pela boa bengalada que aplicou em Zé Dirceu, morreu vítima de câncer "galopante".

Há controvérsias. Muitos dizem que ele, depois de acertar o alvo, continuou usando normalmente a bengala. Teria morrido envenenado. Seu corpo cremado. Fica tudo por isso mesmo.