8 de jan de 2011

Fim de semana com dialeto do Garanhão

Só mesmo quem conhece de perto o Garanhão de Pelotas sabe de suas manias. É comovente o seu renitente empenho em manter nos jeitos e maneiras do cotidiano, o dialeto pelotense, criado, usado e abusado pela nobreza citadina. Quando o Garanhão levanta com os bofes atravessados, aí mesmo é que ele capricha no linguajar pleno de anglicismos, galicismos e corruptelas idiomáticas. Nesses dias, tipo esse fim de semana que já devora meio sábado, ele age e fala com toda pompa e circunstância.
Siga seus nobres passos:


Adicionar legenda
 Mal despertou, o Garanhão guardou os carpins na gaveta do bidê. Levantou-se e tomou café com um queque e um cacetinho. Logo depois, apurou o andar e se dirigiu à patente para ir-aos-pés.
Carpins no bidê - meias no criado-mudo; queque - bolo inglês; cacetinho - pão francês; apurou - apressou; patente - sanitário; ir-aos-pés - defecar, fazer cocô.

Usou água da pena para arear os dentes. Tirou a roupa limpa do quarador e botou na corda para secar. Organizou o visual no espelho da penteadeira, botou Gumex usou o aparelho e chamou um auto-de-praça que tinha um chofer de confiança
Água da pena - da torneira; quarador - secador de madeira para expôr roupas úmidas ao sol; botou na corda - estendeu; penteadeira - cômoda; gumex - fixador de penteados; auto-de-praça - táxi; chofer - motorista.

A caminho do centro, cruzou por um féretro em um carro mortuário de apenas dois cavalos pretos e de escassas pompas fúnebres.
Féretro - caixão; carro mortuário - veículo tipo carruagem; dois cavalos pretos - sinal de pobreza; pompas fúnebres - enterro, velório.

Parou defronte a um retratista e tirou um retrato 3x4. Era para o cartão de permanente do cine-theatro Avenida.
Retratista - fotógrafo; tirou retrato - deixou-se fotografar; permanente - ingresso gratuito por longo período; 

Não almoçou, passou na lancheria e tomou um frapê de banana com uma recheada. Foi até à casa da namoradinha que rescendia a extrato francês. Ficou de arrulhos até o anoitecer e depois, caiu na gandaia com umas gurias de pensão.
Frapê - vitamina, batida de banana; recheada - pão francês com manteiga, presunto e queijo; extrato - perfume; arrulhos - amassos; gurias de pensão - prostitutas de cabaré.


No dia seguinte, já domingo, como bom áureo-cerúleo, foi torcer para o Sport Club Pelotas no derby da domingueira contra os Negrinhos da Estação
Áureo-cerúleo - azul e amarelo; derby da domingueira - clássico dominical; Negrinhos da Estação - G. E. Brasil, clube da mesma cidade e maior rival do time das Mocinhas da Avenida (torcida áureo-cerúlea).