24 de set de 2010

Roriz driblou Pilatos: PT Saudações

Os comandantes da campanha de Agnelo Queiroz já estão tremendo nas bases. Joaquim Roriz nem deu tempo para eles comemorarem o empate com sabor de vitória para o candidato que Lula congelou como ministro do Esporte, mas por quem agora dá uma tapioca da esquina para cada voto que conseguir para que seja governador de Brasília.

Mal Poncio Pilatos lavou as mãos no Supremo Tribunal Federal e Roriz deu o pulo do gato. Tirou da cartola, ninguém mais nem menos do que Weslian Roriz, por acaso sua esposa há muitos e muitos mandatos no Distrito Federal.

Atentai petistas e coalizados de Agnelo!... Pra seu governo, esta semana os palanques vão pegar fogo. Só para combinar com as queimadas que circundam a capital da República, desde o Parque Nacional até às cercanias das cidades-satélites que Roriz inventou para que a população de Brasília caiba no projeto urbanístico já vencido de Oscar Niemeyer.

Agora, os eleitores - que chegam aos borbotões à cata de lotes para seu aconchego - já sabem que Weslian Roriz não será impugnada, nem por Poncio Pilatos nem por Minerva. Sabem mais: sabem que podem votar na mulher que estarão elegendo o marido.

Sabem que é dom Joaquim quem vai governar. E, como de costume, dar um jeito de acolher os retirantes que vem de pau de arara, em busca de um lugar ao sol - como fez muita gente há muito tempo com São Paulo. E que, pela acolhida que tiveram, até metalúrgicos muitos conseguiram ser na vida.