1 de set de 2010

LEI CAPENGA
Começa hoje a Lei das Cadeirinhas de Bebê. Mais uma lei capenga. A boa intenção do governo perde para a incompetência do Denatran em reduzir o número de acidentes de trânsito no Brasil. Ao invés de prenderem os assassinos do volante, prendem as crianças lá atrás. Agora, os assaltantes roubam o carro e levam o bebê de brinde. Não repare, mas há cadeirinhas que já custam mais caro que o carro do seu vizinho aí ao lado.

ACREDITE
Tudo que a postulante Dilma está dizendo que vai fazer em quatro anos é tudo que o governo Lula Da Silva não fez em oito.

PEGARAM NO PÉ
A perícia criminal revela que no sapato de Mizael Bispo há restícios de alga idêntica à que se encontra na represa de Nazaré Paulista, além de marcas de sangue e resíduos de chumbo da bala que matou a advogada Mércia Nakashima. Pegaram no pé dele. E é bom que não largue, porque não demora ele dá no pé, de novo.

ESPORTE POR ESPORTE
O tênis é um esporte muito melhor de se acompanhar do que o futebol. Claro, se a loiríssima Sharapova jogasse de zagueiro, nada seria mais bonito de se ver do que o esporte das multidões.

S.O.S.
Para acabar com o domínio dos bandidos, a diligente polícia carioca invadiu ontem dois morros do Rio de Janeiro. Os moradores agora já não sabem mais a quem pedir socorro.

PREJUIZO
Robinho foi contratado pelo Milan por US$ 40 milhões. O Manchester City perdeu com isso US$ 50 milhões. O empresário ganhou US$ 10 milhões. Quando Robinho comemorar seu primeiro gol pelo time milanês, já se sabe porque ele vai chupar o dedo.

FÉ DEMAIS
Jogador brasileiro reza mais durante um jogo de futebol do que se fosse todos os dias à igreja. Cada lance é um festival de benzeduras, orações e braços abertos para o céu. Não dá para entender porque a CBF ainda não organizou o Brasileirão da Fé. Disputado em um turno só de pontos corridos, reuniria times de católicos, evangelistas, protestantes, batuqueiros e políticos de todas as seitas. Os árbitros ateus dariam impedimento a qualquer gol espírita. Cambista não teria direito a dízimos na venda de ingressos. O bicho por vitória sairia da arrecadação das bandeijinhas nas arquibancadas.

GOVERNADOR DO DF
Foi trancada a candidatura de Joaquim Roriz ao governo de Brasília. A razão da justiça é que ele renunciou ao mandato de senador para não ser cassado. Ele agora recorre ao Supremo Tribunal Federal, ganha a questão e ganha a eleição. É consenso consagrado no STF: lei que retroage em prejuízo do réu é inconstitucional. O Supremo não vai arrepiar a Constituição. E assim o fará em todos os casos similares da Lei da Ficha Limpa.

BOM SALÁRIO
A postulante Dilma, com ares de presidenta do Brasil, elogiou ontem a forma de reajuste dos salários adotada pelo governo Lula. Acha que R$ 538 no ano que vem está pra lá de bom. Pensa assim porque é mais ou menos o que ela ganha por mes, graças ao seu diploma; e o que Lula ganha, sem nenhum diploma. O fator previdenciário vai continuar roubando dinheiro dos aposentados.

CENTENÁRIO CORINTIANO
A festa dos 100 anos do Cortinthians começou com muita sorte. Lula cancelou sua participação no evento. Correu tudo bem.

MILAGRE ALVINEGRO
Em 100 anos de história o Corinthians conseguiu um milagre: a torcida sempre foi melhor que o time.

RECEITA SIGILOSAA Receita federal faz de conta que quebrar sigilo de uns e outros é apenas mais uma banalidade. Se é tão banal assim, deveria quebrar o segredo dos cartões corporativos. Pelo menos o país ficaria sabendo quanto custa uma farra de botox, uma porção de tapioca, coisas bobas assim.

BAILE DE COBRA
Companheiros de fé da postulante Dilma estão certos de que a banda larga de Marta Suplicy, tocada por um certo Rui Falcão foi quem bateu bumbo para tirar do salão o jornalista Luiz Lanzetta. Agora mesmo é que, pode ser lá o baile que for, Dilma não tira Marta para dançar nem com banda de música.

JORNAL DIGITAL
O presideus Lula Da Silva enviou mensagem saudando o Jornal do Brasil por seu ingresso na era digital. Faz sentido. Agora, ao ler o JB ele não terá mais azia.

CHUVA DE COCÔ
A estranha chuva marrom no vilarejo de Saint-Pandelon, na França, acabou com a paz e a tranquilidade dos moradores do cidade que têm convivido sob "gotas" que sujam os carros, móveis de jardim e roupas dos varais, com a textura e o cheiro de coliforme fecal.

As famílias estão já não sabem mais o que fazer para que seus filhos não sejam atingidos pelo cocô. O ar é uma bosta e os excrementos que não param de cair não deixam os cerca de 750 habitantes sair de casa sem guarda-chuva.

Cientistas e pesquisadores não sabem ainda o que é a tal misteriosa chuva. Parece que são gotas de origem animal. Não precisa ser necessariamente coisa de bicho, de aves, pássaros... Bem que pode ser de algum animal social. Sabe-se, no entanto, que o presidente Nicolas Sarkozy e sua comitiva de governo sobrevoam seguidamente aquela região. Não, Lula não o tem visitado ultimamente. Mas, Dilma andou pela França antes de iniciar sua campanha rumo à cadeira de Lula.