19 de abr de 2010

O Garanhão e o Diário da Manhã

LINHA DIRETA
Hélio Freitag
Do Diário da Manhã - Pelotas

01. FOI selada sábado, em Porto Alegre, aliança entre o PSDB e o PPS para as eleições deste ano. Hoje, será a vez do PP declarar apoio à reeleição de Yeda Crusius. Quem pensa que a governadora não tem chance de chegar no 2º turno pode estar redondamente enganado.

02. “A IGREJA Católica está ferida pelos pecados de seus integrantes”. A dura observação é do papa Bento XVI que sábado chegou a Malta, país europeu que também foi atingido pela onda de acusações de pedofilia contra padres católicos.

03. NO BALNEÁRIO da Barra de Santo Antonio, a 47 quilômetros de Maceió (AL), o monsenhor alagoano Luiz Marques Barbosa mantinha uma casa para encontros sexuais com jovens e adolescentes que trabalham para a Igreja Católica na região de Arapiraca. A denúncia foi feita pelo ex-coroinha Fabiano Ferreira, em depoimento à CPI que investiga os casos de pedofilia no Brasil.

Ferreira foi o responsável pela gravação de um vídeo onde o monsenhor Barbosa aparece em ato sexual com o ex-coroinha Flávio Silva. Além do monsenhor Barbosa, também estão sendo acusados pelo mesmo crime o monsenhor Raimundo Gomes e o padre Edilson Duarte.

Os três religiosos foram afastados das atividades eclesiásticas por determinação do bispo da Diocese de Penedo, Dom Valério Breda, depois que o escândalo ganhou repercussão nacional, a partir de uma reportagem sobre o caso veiculada na TV. (Foto: Alagoas24horas)

04. FALTOU pouco para o EC Pelotas ser campeão do 2º turno do Gauchão. Arrancou com 2 x 0 em cima do Inter e acabou perdendo, de virada, por 3 x 2. O time cansou no segundo tempo e agora Inter e Grêmio decidem o Campeonato em dois grenais. Presença do torcedor do Pelotas, no Beira Rio, foi digna de elogios. Foi, realmente, uma grande campanha. Faltou pouco, repito!

05. JOÃO MADRUGA, torcedor fanático do GE Brasil, me disse que vai “vender sonhos” está manhã na Academia de Ciências Políticas do Café Aquário.

06. ALÔ secretário Jacques Reydams: estudantes, professores e funcionários da Faculdade Anhanguera solicitam à Prefeitura a instalação de uma faixa de segurança em frente ao estabelecimento de ensino, na Av. Fernando Osório. É quase impossível atravessar aquela avenida nos horários de pico e acidentes mais graves podem acontecer.

GRÁVIDA
Estava a mocinha vomitando ali no Calçadão da Andrade Neves, no meio da rua, amparada pela mãe.
Passa um senhor muito delicado e diz:
- Foi comida, foi não?
- Foi sim senhor - respondeu a mãe - mas ela vai casar! (Hi...Hi...Hi...)








HISTÓRIAS DO RÁDIO
O dia em que Wolney Castro matou um ouvinte

A História do Rádio de hoje foi vivenciada por um dos integrantes da Duplad’2: Wolney Castro. Pelotas e Juventus-SP jogariam um amistoso, à noite, no estádio das Laranjeiras (que na época não dispunha de iluminação).

Na tarde deste mesmo dia, havia sido sepultado o saudoso Dr. Alcides Torres Diniz, ex-diretor da Rádio Cultura e conselheiro do E.C. Pelotas. Como de praxe, foi respeitado um minuto de silêncio em sua homenagem, antes de a bola rolar.

Eis que neste momento da transmissão, o então narrador da Rádio Cultura, Wolney Castro, anunciou:
-“Será respeitado um minuto de silêncio em homenagem póstuma ao Dr. Alcides de Mendonça Lima, falecido ontem e sepultado hoje”.

A partida teve início e lá pelos 10 minutos de jogo, o plantão esportivo, na época brilhantemente executado pelo saudoso Dinei Avelar, chamou e informou: -“Alô Wolney, acabamos de receber um telefonema do Dr. Alcides de Mendonça Lima, torcedor do Lobão, informando que está vivo e ouvindo nossa transmissão!”.

Mancada lamentável deste que hoje vos escreve e na época transmitia aquela partida! Parece mentira, mas foi o dia em que matei um ouvinte em plena transmissão. Depois deste episódio, todas as vezes em que nos encontrávamos, Dr. Alcides largava aquela corneta: “Wolney, ainda estou aqui... vivinho da silva!”.