27 de out de 2010

Rei morto, rei posto

Morre Nestor Kirchner. Ele reinou na Argentina, passou a coroa para a mulher, Cristina - que já se preparava para devolver-lhe o cetro.

O pingue-pongue do poder acabou com um ataque fulminante do coração. O país está na maior orfandade política.

Há quem fale em Maradona. Lula se lembrou que o baixinho é fã de Fidel e Hugo Chávez. Tem tudo para ser presidente de qualquer país latino-americano. Carlos Gardel não pode: já morreu e não era argentino.