28 de mai de 2010

Sexta Dia das Bruxas e de Hai-Kai

O Garanhão de Pelotas se acometeu de nostalgia. Vai brincar de hai-kai, bem à moda antiga. Hai-kai, só para lembrar, é um poemeto em que, sem a necessidade de rima, a primeira e a terceira frases tem cinco sílabas; a do meio deve ter sete sílabas.

DANDY
Saiu bosseiro: / Camisa Volta ao Mundo, / Todo faceiro.

A BOMBA
Dona Judith... / Contra barata, usava / Super Flit.

EM TEMPO
Era maluco, / só dormia ouvindo / Relógio Cuco.

MAUTRIMÔNIO
Arroz de forno... / E nada mais comia. / Virou corno!

BY-BYKE
Garoto bobão / Pedalava a Monark / De pneu balão

QUE OMO, NADA!
Galã do Brasil, / Só usava camisa / Limpa com anil