1 de abr de 2011

Primeira Galinha Homo

O Garanhão de Pelotas  pensou que já tinha visto de tudo na vida. Em rápida temporada de férias foi conhecer o interior da Grã-Bretanha. Anda daqui, anda dali, foi parar em Huntingdon, no condado de Cambridgeshire.E foi lá que viu mais uma que resolveu jogar na rede... Olhe só o que ele conta:

Uma galinha, muito bem cuidada, ali naqueles confins do mundo, parou de botar ovos, encorpou, perdeu penas, tem crista e hoje canta de galo. Agora o casal septuagenário de fazendeiros Jeanette e Jim Hower é que está chocado. Criam a primeira galinha homo da terra.

Garante o Garanhão  que desde que o galo, velho dono do galinheiro, foi se meter com a a antiga companheira, se deu mal. Acorda as redondezas com canto de veado. Balança todo no andar e, melífluo, abre as penas como se fosse um pavão.