9 de jun de 2011

GARANHÃO DE PELOTAS E GARANHÃO DO ALEGRETE NA VARANDA

Foto: Acervo Zé Cruz e Souza
Jornalista Jesus Afonso, pelo menos 10 coberturas de Copas do Mundo nas costas largas, soube que o Garanhão de Pelotas estava em Brasília. Foi levar ao amigo, centenárias façanhas do Garanhão do Alegrete. Na varanda de um dos refúgios assobradados do Espachim Pelotense, tocaram violinos de ciganos e cantaram bossas e boleros para a vizinhança embevecida.

Foto: Acervo Zé Cruz e Souza

Jornalista Zé Cruz, compositor e cantor, ameaça escrever um livro e montar uma peça de teatro contando as des/aventuras do Garanhão de Pelotas  e do Garanhão do Alegrete. Sérgio Siqueira fará o fundo musical. Tudo isso foi combinado na rápida ausência do Garanhão de Pelotas  que - como um Hugo Chávez, saíra para rapidamente tirar água do joelho. Quando voltou, a urdidura já estava consumada.